Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do sobrenadante de monócitos de gestantes portadoras de pré-eclâmpsia tratados com silibinina sob stress oxidativo e a disponibilidade de óxido nítrico em células endoteliais

Processo: 19/10250-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 14 de junho de 2019
Vigência (Término): 08 de setembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Maria Terezinha Serrão Peraçoli
Beneficiário:Virgínia Juliani Gomes
Supervisor no Exterior: Mattias Carlstrom
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Local de pesquisa : Karolinska Institutet, Suécia  
Vinculado à bolsa:17/26053-4 - Envolvimento de urato monossódico e silibinina na modulação de monócitos de gestantes portadoras de pré-eclâmpsia e em linhagem celular de monócitos humanos (THP-1), BP.MS

Resumo

A pré-eclâmpsia (PE) é uma síndrome específica da gestação, associada a disfunção endotelial, níveis séricos elevados de citocinas pró-inflamatórias e estresse oxidativo. Trabalhos anteriores de nosso grupo demonstraram que a PE é marcada por estresse oxidativo e que monócitos do sangue periférico materno parecem ser uma importante fonte de radicais livres e citocinas inflamatórias nessa doença. Óxido nítrico (NO) é um mediador biológico capaz de induzir a vasodilatação. O desbalanço entre NO e as espécies reativas de oxigênio (ROS) parece ter importante papel na patogênese da PE e pode ser amenizado através da administração de silibinina (SB), um flavonóide com propriedades antioxidantes. Portanto, esse projeto tem como objetivo avaliar se o sobrenadante de monócitos de gestantes normotensas e portadoras de PE cultivados na presença ou ausência de SB é capaz de modular a geração de estresse oxidativo e melhorar a disponibilidade de NO em células endoteliais humanas de veia umbilical (HUVEC). HUVECs serão cultivadas até alcançarem 80% de confluência e então serão incubadas por 24 em meio com 20% (vv) de sobrenandante de monócitos de gestantes normotensas ou portadoras de PE tratados ou não com silibinina. As células e o sobrenadante gerado serão usados para os ensaios. Electron paramagnetic resonance (EPR) e high performance liquid chromatograpgy (HPLC) serão utilizadas para dosar NO e seus metabólitos nitrito e nitrato. Determinação de Thiobarbituric acid reative substances (TBARS) será empregada para avaliar a peroxidação lipídica mediada por ROS. Concentrações de heme-oxigenase 1 (HO-1) serão mensuradas através de ensaios imunoenzimáticos (ELISA). As análises estatísticas serão realizadas empregando testes paramétricos ou não paramétricos, com significância e 0,05.