Busca avançada
Ano de início
Entree

Relação entre temperatura corporal e concentração plasmática de óxido nítrico em ratos submetidos ao choque séptico

Processo: 19/00832-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Evelin Capellari Cárnio
Beneficiário:Hadder Batista Silva
Instituição-sede: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:16/17681-9 - Alterações fisiopatológicas durante a inflamação sistêmica, AP.TEM
Assunto(s):Temperatura corporal   Concentração plasmática   Óxido nítrico   Choque séptico   Modelos animais

Resumo

A ligação e punção cecal (CLP) é um modelo experimental da sepse polimicrobiana que se assemelha à sua situação clínica típica. A resposta sistêmica a essa condição multifatorial resulta em uma interação complexa entre o hospedeiro e agentes infecciosos que é acompanhada por alterações em vários parâmetros fisiológicos, incluindo a termorregulação. A sepse induz a produção de citocinas inflamatórias que culminam com a indução da síntese da enzima óxido nítrico sintase induzida (iNOS) elevando a concentração de óxido nítrico (NO). Sabe-se que no quadro de sepse a concentração plasmática de NO eleva-se de acordo com o estadiamento de gravidade da patologia. Em animais experimentais a administração de inibidores da síntese do óxido nítrico causa um aumento na temperatura corporal. Embora a produção de NO possa ter um papel na termorregulação, o papel de sua produção excessiva durante a sepse ainda não está claro. Diante disso, este estudo pretende avaliar qual a relação entre as concentrações de NO plasmático e temperatura corporal em animais submetidos ao modelo de choque séptico. Serão utilizados 2 grupos de animais, sendo um o grupo CLP e o outro SHAM (animais que serão submetidos a cirurgia semelhante ao CLP, entretanto sem perfuração e ligação do ceco). Serão analisadas a temperatura corporal, a concentração de NO plasmático e a taxa de sobrevida dos dois grupos experimentais.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)