Busca avançada
Ano de início
Entree

Harmonia de Cláudio Ptolomeu: estudo introdutório e tradução do livro I

Processo: 18/25739-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Línguas Clássicas
Pesquisador responsável:Paula da Cunha Corrêa
Beneficiário:Luís Alberto Goulart Firmino
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Literatura grega   Pitagorismo   Música   Harmonia

Resumo

Tendo em vista a importância social da música na sociedade grega nos períodos arcaico, clássico, helenístico e posteriores, vários autores escreveram teorias de música e harmonia. Cláudio Ptolomeu escreveu, em ambiente alexandrino, no século II d.C., um tratado de harmonia no qual os intervalos musicais são estudados levando em conta tanto as relações matemáticas subjacentes às consonâncias, quanto a percepção que o ouvido faz desses intervalos. Nesse tratado, em virtude das influências platônica e pitagórica, tais relações matemáticas que fundamentam a explicação das causas de consonâncias ou dissonâncias em sons são também reconhecidas seja nos movimentos astronômicos, no macrocosmo, seja na organização dos microcosmos Estado e alma humana. No percurso de produção do tratado, Ptolomeu deixou registrado um método científico que tem muita similaridade com o que se usa em ciência moderna, por colocar pressupostos sob o teste da experiência, usando instrumentos para buscar objetividade, e procurando reconhecer os padrões que possam mostrar as causas dos fenômenos. Este projeto visa, portanto, justificar uma proposta de tradução do livro I do referido tratado de Harmonia, de Cláudio Ptolomeu.