Busca avançada
Ano de início
Entree

Controle redox em Neospora caninum: investigação de enzimas do sistema antioxidante

Processo: 19/05758-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2019
Vigência (Término): 31 de maio de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Ana Patricia Yatsuda Natsui
Beneficiário:Jade Cabestre Venancio Brochi
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Protozoologia   Neospora caninum   Enzimas antioxidantes   Apicomplexa   Espectrometria de massas   Imunofluorescência   Western blotting   Antioxidantes

Resumo

Neospora caninum (Nc), agente etiológico da Neosporose, é um protozoário do filo Apicomplexa. A Neosporose é a maior causa de abortos em bovinos e devido à ausência de tratamentos eficazes resulta em grandes prejuízos econômicos na Pecuária mundial. O sucesso da sobrevivência e replicação de N. caninum depende da ação de enzimas antioxidantes que minimizam o estresse oxidativo no interior da célula hospedeira. Entre essas enzimas, a peroxirredoxina dependente de tiorredoxina e a glutationa redutase apresentaram significativa abundância no proteoma de N. caninum. Entretanto, não há dados sobre a caracterização e importância dessas proteínas para a invasão e sobrevivência deste parasita no interior da célula hospedeira. Dessa forma, realizaremos a identificação e caracterização de enzimas do sistema redox ainda não descritas na literatura, buscando elucidar a participação dessas proteínas no sucesso do estabelecimento de N. caninum na célula hospedeira. As proteínas NcGR e NcPrx serão clonadas e expressadas nas formas recombinantes seguidas de caracterização por SDS-PAGE e produção de anticorpos policlonais. Além disso, as bandas reconhecidas serão identificadas por espectrometria de massas e as proteínas serão localizadas no parasita por imunofluorescência confocal e western blot. A atividade das enzimas recombinantes será avaliada por meio de ensaios enzimáticos específicos e verificaremos seus comportamentos bioquímicos frente a ação de corantes fenotiazínicos e de conoidina A. Além disso, avaliaremos o papel de NcPrx e NcGR na defesa antioxidante de N. caninum pelo perfil de expressão de enzimas antioxidantes e empregando as enzimas recombinantes em ensaios de proliferação do taquizoíta na presença de H2O2. Este projeto revelará características inéditas de enzimas fundamentais que compõem o sistema redox de N. caninum possibilitando investigações de drogas com mecanismos de ação desconhecidos e avanços da pesquisa em Neosporose e outras doenças causadas por parasitas apicomplexas. (AU)