Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do estilo de elocução e do falante sobre o tamanho mínimo de amostra para estimativa da taxa de produção da fala

Processo: 19/01661-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Teoria e Análise Lingüística
Pesquisador responsável:Pablo Arantes
Beneficiário:Verônica Gomes Lima
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Fonética acústica   Prosódia   Acústica da fala

Resumo

O presente projeto parte de resultados de uma fase anterior de pesquisa em que foi desenvolvido um método para determinação do tamanho mínimo que uma amostra da fala deve ter para que a estimativa seja representativa do comportamento de longo prazo do falante. Esse tamanho mínimo define o que chamou-se de tempo de estabilização da taxa de produção da fala. Na fase anterior o novo método foi comparado ao único outro método relatado na literatura. Foram comparados diferentes tipos de taxa de produção da fala (de articulação e de elocução), diferentes unidades usadas para seus cálculos (fone, sílaba, unidade VV e palavra fonológica), além de diferentes níveis de taxa (rápida, normal e lenta). O material de fala estudado foi fala lida em português brasileiro (PB). Os resultados mostraram que os dois métodos comparados dão resultados bastante próximos, entre 10 e 20 segundos, abaixo de estimativas reportadas na literatura. Na fase atual da pesquisa, investigaremos o efeito do estilo de elocução sobre o tempo de estabilização. O material de fala a ser estudado consistirá de fala lida e semiespontânea, produzido por dez falantes do PB. Serão geradas pelo menos cinco estimativas de tempo de estabilização por falante em cada estilo para estudar a variabilidade intrafalante e determinar se o tempo de estabilização tem caráter idiossincrático ou se pode ser generalizado para amostras maiores. Os resultados a serem alcançados terão implicações teóricas, metodológicas e práticas, em especial no campo do desenho de corpora de fala e na fonética forense.