Busca avançada
Ano de início
Entree

Aproveitamento de subproduto obtido após processamento de cenouras: extração de compostos fitoquímicos, encapsulação e aplicação em filmes biodegradáveis

Processo: 19/05511-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2019
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Engenharia de Alimentos
Pesquisador responsável:Milena Martelli Tosi
Beneficiário:Bruno Stefani Esposto
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Resíduos agroindustriais   Carotenoides   Compostos fenólicos

Resumo

O objetivo geral deste projeto consiste em otimizar a extração de compostos fitoquímicos de subprodutos obtidos após processamento de suco de cenoura (Daucus carota), proceder a encapsulação destes compostos e, posteriormente, incorporá-los em filmes biodegradáveis de quitosana. Desta forma, 3 etapas serão seguidas: (i) inicialmente, um planejamento experimental 22 será realizado para otimizar a extração de compostos fenólicos e carotenoides dos subprodutos, utilizando a concentração de etanol ou óleo vegetal, respectivamente, e a potência/tempo do ultrassom de ponteira como variáveis independentes. A quantificação de compostos fenólicos totais será realizada por espectrofotometria e a identificação dos compostos, na condição ótima, será avaliada por UPLC-MS. A quantificação de carotenoides será realizada com auxílio de HPLC, (ii) os compostos ativos dos extratos produzidos na condição ótima serão encapsulados em quitossomas, sistemas híbridos compostos de lipossomas recobertos por quitosana, utilizando tripolifosfato de sódio (TPP) para gelatinização ionotrópica. Estas amostras serão avaliadas de acordo com análise de tamanho de partícula por espalhamento de luz dinâmico e carga superficial por potencial zeta, espectroscopia de infravermelho ATR/FTIR (Attenuated Total Reflection/Fourier Transform Infrared Spectroscopy), microespectrocopia Raman e morfologia (Microscopia Confocal e Microscopia Eletrônica de Varredura com Emissão de Campo); (iii) finalmente, os compostos encapsulados com maior estabilidade serão incorporados em filmes biodegradáveis de quitosana. Os filmes serão caracterizados em relação a suas propriedades mecânicas, funcionais e será avaliada a liberação dos compostos fitoquímicos adicionados na matriz polimérica.