Busca avançada
Ano de início
Entree

Uso oral de anti-inflamatórios esteroides no tratamento da atrite reumatoide: revisão sistemática

Processo: 18/18947-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2019
Vigência (Término): 31 de maio de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Epidemiologia
Pesquisador responsável:Cristiane de Cássia Bergamaschi
Beneficiário:Rodrigo Suguimoto Iwami
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Inovação. Universidade de Sorocaba (UNISO). Sorocaba , SP, Brasil
Assunto(s):Medicina baseada em evidências   Artrite reumatoide   Anti-inflamatórios esteroides   Glucocorticoides   Placebos   Ensaio clínico controlado aleatório   Revisão sistemática

Resumo

Artrite reumatoide afeta 1% da população, resulta em destruição da cartilagem articular, dor e incapacidade grave. A literatura tem reportado que o uso de anti-inflamatórios pode trazer benefício para o tratamento, entretanto, a literatura têm identificado lacunas a respeito da efetividade e segurança destes medicamentos para esta condição. O objetivo deste estudo será avaliar a efetividade e segurança do uso oral de anti-inflamatórios esteroides para o tratamento da artrite reumatoide. Trata-se de uma revisão sistemática de ensaios clínicos controlados randomizados com pacientes adultos com a que comparem os anti-inflamatórios esteroides em relação a placebo ou outro medicamento. A busca por estudos elegíveis será realizada nas bases de dados eletrônicas: CENTRAL; MEDLINE; EMBASE; CINAHL; Web of Science; Scopus; ClinicalTrial.gov e WHO International Clinical Trials Registry Platform. Os desfechos de interesse incluem: dor, função física, rigidez articular, edema, força muscular de preensão, progressão da doença, qualidade de vida, eventos adversos, saída do estudo devido aos eventos adversos ou falta de eficácia do tratamento, satisfação com o tratamento e consumo de medicação de resgate. Dois revisores irão avaliar os estudos quanto aos critérios de elegibilidade; para os estudos elegíveis, os mesmos revisores realizarão a extração de dados e a avaliação do risco de viés. Os resultados deste estudo poderão subsidiar prescritores, profissionais da saúde e paciente na tomada de decisão, em relação às opções de tratamento mais efetivas e seguras. Este estudo poderá também identificar áreas-chaves para pesquisas futuras.