Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da penetrabilidade e ocorrência de fenda de dois cimentos biocerâmicos

Processo: 18/23875-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Marco Antonio Hungaro Duarte
Beneficiário:Mariana Souza Calefi
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Cimentos endodônticos   Materiais cerâmicos   Obturação do canal radicular   Resistência de união (odontologia)   Permeabilidade da dentina

Resumo

Objetivo: Comparar os cimentos Bio-C Sealer e Sealer Plus BC em relação ao AH Plus quanto à penetração dentinária e ocorrência de fenda e resistência adesiva. Introdução: Os cimentos endodônticos têm a função de selar hermeticamente o sistema de canais radiculares no momento da obturação, promovendo a união entre as interfaces guta-percha e paredes dentinárias e preenchendo os espaços onde um material obturador sólido não alcançaria, como áreas de complexidade anatômica, diminuindo as chances de fracasso endodôntico. Para isto cimentos com diferentes composições estão disponíveis no mercado, e o objetivo deste estudo foi analisar três deles quanto à penetração dentinária e força de adesão, sendo o AH Plus de base resinosa, e o Bio-C Sealer e o Sealer Plus BC à base de silicato de cálcio. Material e métodos: 30 incisivos centrais superiores humanos extraídos serão instrumentados de maneira padronizada e divididos aleatoriamente em três grupos (N=10) até o instrumento R50 e obturados de acordo com os cimentos em questão, acrescidos do corante fluorescente (Fluo tree). Após completado o tempo de presa, as raízes serão seccionadas transversalmente a 2, 4 e 6 mm do ápice e os fragmentos analisados em microscópio confocal a fim de verificar a penetração dentinária dos referidos cimentos. As imagens obtidas serão transferidas para o software ImageJ para análise. Posteriormente os espécimes serão submetidos ao teste de push-out para verificar a força de adesão entre as interfaces material obturador - dentina. Os resultados obtidos serão analisados estatisticamente sendo p > 0,05%.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.