Busca avançada
Ano de início
Entree

Habilidades do desenvolvimento em crianças com a síndrome Zika Congênita (SZC)

Processo: 19/03788-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fonoaudiologia
Pesquisador responsável:Célia Maria Giacheti
Beneficiário:Victoria Paola Nogueira Sales
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia e Ciências (FFC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Marília. Marília , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/50909-8 - INCT 2014: Comportamento, Cognição e Ensino (INCT-ECCE): aprendizagem relacional e funcionamento simbólico, AP.TEM
Assunto(s):Linguagem   Desenvolvimento infantil   Crianças   Infecção pelo Zika virus   Vírus Zika   Microcefalia   Análise estatística de dados

Resumo

No ano de 2015, a Secretaria de Saúde de Pernambuco notificou a presença de características incomuns em bebês nascidos com microcefalia. Em análises posteriores, foi encontrada a presença do genoma do ZIKV juntamente com o anti-ZIKV anticorpo (IgM) no líquido amniótico de gestantes cujos fetos foram diagnosticados com microcefalia. O fenótipo específico dessas crianças inclui características físicas (e.g., microcefalia, malformações oculares, artrogripose, malformação da coluna vertebral) e neurológicas (e.g., hipotrofia cortical, microcalcificações no tecido cerebral, ventriculomegalia) que transpassam os quadros já descritos na literatura como microcefalia congênita, atribuindo a esse conjunto de alterações o nome de Síndrome Zika Congênita (SZC). Considerando o grande número de crianças com a SZC no Brasil, é importante que as habilidades do desenvolvimento sejam descritas detalhadamente para possibilitar a identificação desse fenótipo e, assim, do prognóstico e possíveis intervenções. O presente trabalho tem como objetivo investigar as habilidades do neurodesenvolvimento de crianças com SZC nascidas no estado do Ceará. Para tanto, 30 crianças de até 3 anos de idade cronológica serão avaliadas por meio dos seguintes testes: Early Language Milstone Scale - ELM e do Teste de Screening de Desenvolvimento - DENVER II. Os dados obtidos com este estudo serão analisados por meio de análises estatísticas descritivas e testes paramétricos ou não paramétricos utilizando o software SPSS (V.24).