Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação Farmacocinética e de propriedades biológicas de candidatos a fármacos

Processo: 19/06034-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de maio de 2019
Vigência (Término): 30 de abril de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica Molecular
Pesquisador responsável:Adriano Defini Andricopulo
Beneficiário:Julia Medeiros Souza
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07600-3 - CIBFar - Centro de Inovação em Biodiversidade e Fármacos, AP.CEPID
Assunto(s):ADME   Farmacocinética   Leishmania infantum   Trypanosoma cruzi   Metabolismo

Resumo

Farmacocinética (PK) é o estudo do curso do tempo de absorção, distribuição, metabolismo e excreção do medicamento (ADME), e como esses processos ADME estão relacionados com a intensidade e o curso do tempo dos efeitos farmacológicos (terapêuticos e tóxicos) dos medicamentos. Os compostos farmacologicamente ativos administrados por via oral devem ter propriedades de absorção e depuração favoráveis e estabilidade metabólica satisfatória para fornecer exposição sistêmica adequada para induzir uma resposta farmacodinâmica. Se os compostos possuem propriedades físico-químicas razoáveis, têm baixa a intermediária depuração e razoável absorção, biodisponibilidade oral adequada pode ser alcançada. Como a condução de um experimento in vivo consome tempo e consome matéria-prima, os esforços de descoberta inicial têm se concentrado em avaliar o potencial de absorção in vitro e a estabilidade metabólica in vitro. Estas experiências destinam-se a rastrear compostos e identificar candidatos com maior probabilidade de possuir propriedades farmacocinéticas adequadas para posterior avaliação farmacológica. Modificações das abordagens in vitro e in situ para avaliar o potencial de absorção e metabolismo permitiram um maior rendimento e uma capacidade de se correlacionar melhor com a farmacocinética in vivo dos compostos. Estabelecemos uma forte iniciativa conjunta com a Iniciativa Contra Drogas para Doenças Negligenciadas (DNDi) e a AbbVie. Nesta parceria, avaliaremos as propriedades farmacocinéticas e biológicas dos candidatos a medicamentos. Os métodos empregados seguirão o pipeline da DNDi e da AbbVie para novos medicamentos contra doenças parasitárias.