Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação e validação do crescimento e de modelos de estimativa de crescimento para novilhas de reposição em fazendas comerciais em condições tropicais

Processo: 19/02307-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2019
Vigência (Término): 31 de março de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Dante Pazzanese Duarte Lanna
Beneficiário:Marcos Busanello
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Crescimento animal   Nutrição animal   Novilhas   Fazendas   Bovinos leiteiros   Gado Holandês   Gado Zebu   Previsões

Resumo

Ambos, crescimento e modelos de estimação de utilização de energia e proteína, têm sido muito estudados ao longo dos anos em diversos países. Porém, estudos sobre o crescimento e a validação desses modelos para diferentes regiões e raças precisam ser verificadas. Em regiões tropicais, em especial no Brasil, parâmetros de crescimento e modelos para Bezerras e Novilhas em Crescimento (BNC) seguem as recomendações para animais de raças e que foram criados em condições diferentes originalmente utilizadas no desenvolvimento destes modelos. Assim, o crescimento real e estimado pode apresentar diferença e os modelos existentes de utilização de energia e proteína podem não ser os mais adequados para animais em condições tropicais. O objetivo desse projeto é estudar o crescimento e validar os modelos de utilização de energia e parâmetros de criação do NRC para BNC em condições tropicais para a raça holandesa, animais mestiços e zebuínos. Para tal, dados de BNC serão coletados em fazendas produtoras de leite como peso vivo, idade, altura de cernelha e garupa, entre outros para estudarmos as curvas de crescimento por meio de análises de regressão linear e/ou não linear e correlações. As fazendas serão selecionadas por meio de amostragem não probabilística de "cotas" seguida por "amostragem por conveniência" visando coletar dados de aproximadamente 150 novilhas de cada um dos 3 tipos de novilhas (holandesa, mestiças e zebuínas). Além disso, uma base de dados com diversas informações será obtida a partir de estudos realizados no Brasil e regiões tropicais. Para avaliar os modelos do NRC de 2001 sobre utilização de energia e proteína serão utilizados os trabalhos publicados em periódicos científicos nacionais e internacionais. As principais variáveis coletadas serão a raça dos animais, peso vivo, ganho de peso, idade, composição da dieta, entre outras. Análises descritivas e gráficas serão utilizadas para verificar a validez e coerência biológica dos dados para subsequentes análises. Avaliações de outliers e valores observados e preditos pelos modelos serão feitas por meio de métodos de regressão. A acurácia e precisão das estimações pelos modelos serão verificadas por análise do viés médio, quadrado médio do erro de predição, coeficiente de correlação de concordância e seus componentes. Também será calculado o coeficiente de determinação (R2) e outras medidas de comparação dos modelos. (AU)