Busca avançada
Ano de início
Entree

Interação conjugal: métodos observacionais e desenho/avaliação de programas de treinamento

Processo: 19/09884-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Pesquisador responsável:Zilda Aparecida Pereira Del Prette
Beneficiário:Bruno Luiz Avelino Cardoso
Supervisor no Exterior: Mark Ethan Feinberg
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Pennsylvania State University, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:18/20414-8 - ProCasal: atualização de medida psicométrica e construção de um programa de treinamento de habilidades sociais conjugais, BP.DR
Assunto(s):Família

Resumo

As habilidades sociais conjugais (HSC) são comportamentos que contribuem para maximizar a satisfação conjugal, ampliar a qualidade do relacionamento e reduzir problemas na relação. Estes comportamentos (HSC) podem ser desenvolvidos por meio de programas específicos, cujos resultados têm evidenciam de efetividade no exterior. Programas de treinamento baseados em evidências buscam considerar os aspectos globais do que está sendo produzido em diversos países e tem demonstrado efetividade, e estruturar intervenções de acordo com as limitações de pesquisa destes estudos. Há poucos programas que trabalham especificamente com intervenções para casais e famílias. Entre eles, há o Prevention Research Center do Department of Human Development and Family Studies, liderado pelo Dr. Mark Feinberg na Pennsylvania State University. Esta proposta é baseada em três objetivos: (1) ampliar o conhecimento e as habilidades relacionadas ao desenho de programas e métodos para avaliação de programas de treinamento com casais, incluindo seus objetivos, técnicas, processos e duração da intervenção, (2) ampliar o conhecimento sobre métodos estatísticos para análises de dados de grupos terapêuticos, (3) aprender a codificar as interações conjugais.