Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise da sensibilidade no ombro, função dos membros superiores e qualidade de vida em mulheres operadas por câncer de mama

Processo: 18/26612-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2019
Vigência (Término): 31 de maio de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Paula Rezende Camargo
Beneficiário:Murilo Destro dos Santos
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Fisioterapia   Hiperalgesia   Neoplasias mamárias   Extremidade superior   Perfil de impacto da doença   Qualidade de vida   Inquéritos e questionários

Resumo

Introdução: A terapêutica do câncer de mama constitui de tratamentos invasivos e agressivos que, embora sejam de fundamental importância para a sobrevida da população, podem causar hiperalgesia unilateral no ombro, dor no membro acometido, baixa função dos membros superiores e um impacto negativo na qualidade de vida. Essas alterações podem ocorrer imediatamente após a cirurgia e permanecer após o término de todos os tratamentos do câncer de mama. No entanto, ainda não se sabe como está o comportamento dessas variáveis em um longo prazo pós-cirurgia quando comparado a um grupo de indivíduos saudáveis sem dor no ombro. Objetivos: Avaliar o limiar de dor à pressão na região do ombro, intensidade da dor no membro acometido, função dos membros superiores e qualidade de vida no pós-operatório tardio do câncer de mama. Como objetivo secundário, será avaliado o nível de atividade física das participantes do estudo. Material e método: Serão avaliadas 25 mulheres tratadas cirurgicamente por câncer de mama e 25 mulheres saudáveis, sem dor no ombro, pareadas por idade, índice de massa corporal e nível de atividade física em relação ao primeiro grupo. Um algômetro digital de pressão será utilizado para medir o limiar de dor à pressão sobre os músculos trapézio superior, infraespinhal, supraespinal, deltóide, serrátil anterior, pilar articular da articulação zigapofisária C5-C6 e sobre o músculo tibial anterior. A Escala Visual Analógica (EVA) e o questionário Disabilities of the Arm, Shoulder and Hand (DASH) serão utilizados para avaliar a intensidade da dor e a função dos membros superiores, respectivamente. Os questionários 30-Item Quality of Life Questionnaire (EORTC QLQ-C30, versão 3.0), e Quality of Life Questionnaire Breast Cancer - 23 (EORTCQLQBR23) serão utilizados para avaliar a qualidade de vida. O Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ) será utilizado para avaliar o nível de atividade física das participantes. Os testes estatísticos serão aplicados de acordo com a normalidade dos dados e será adotado um nível de significância de 5% para comparações das variáveis entre grupos. Resultados esperados e implicação clínica do estudo: Fornecer informações sobre a sensibilidade dolorosa à pressão no ombro, intensidade da dor no membro acometido, função dos membros superiores e qualidade de vida em longo prazo de cirurgia do câncer de mama, a fim de contribuir com a prática clínica e subsidiar futuras pesquisas em relação a protocolos de reabilitação iniciados em curto prazo com o intuito de minimizar essas alterações em longo prazo de cirurgia.