Busca avançada
Ano de início
Entree

Interação de Ikaros e HDACs em linhagens celulares de leucemia linfocítica crônica humanas (MEC-1 e MEC-2)

Processo: 19/05147-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia
Pesquisador responsável:Ana Flavia Popi
Beneficiário:Julia Caroline Mourão de Souza
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Hematologia   Leucemia linfocítica crônica de células B   Transcrição genética   Linhagem celular   Linfócitos B   Fator de transcrição Ikaros

Resumo

A leucemia linfocítica crônica (LLC) é caracterizada como uma doença hiperproliferativa de linfócitos B CD5+, denominados linfócitos B-1a. Nosso laboratório evidenciou que a proteína Ikaros está alterada em sua função e localização celular na LLC. Ikaros atua reprimindo ou ativando a transcrição genica por trabalhar em conjunto com várias proteínas que formam um complexo remodelador de cromatina. O principal complexo ao qual as diferentes isoformas de Ikaros estão ligadas é o NuRD, sendo as enzimas deacetilases (HDACs) importantes componentes atuantes. As HDACs fazem parte de uma extensa família de enzimas, responsáveis principalmente pela repressão da transcrição gênica, pelo seu poder de compressão do nucleossomo. O objetivo deste projeto é avaliar se a mudança de localização e padrão de expressão de Ikaros em células leucêmicas pode estar relacionada a alterações na expressão e interação com as HDACs. Esta interação será estudada em linhagens celulares de LLC humana: MEC-1 e MEC-2.