Busca avançada
Ano de início
Entree

Física de neutrinos na nova era da cosmologia observacional

Processo: 18/20306-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2019
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia - Astrofísica Extragaláctica
Pesquisador responsável:Flavia Sobreira
Beneficiário:Anderson Luiz Brandão de Souza
Instituição-sede: Instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Cosmologia (astronomia)   Neutrinos   Neutrinos massivos   Energia escura

Resumo

Os mais novos levantamentos astronômicos, como o Large Synoptic Survey Telescope (LSST) e o Dark Energy Spectroscopic Instrument (DESI), irão medir o efeito da energia escura sobre a expansão do Universo. Eles irão obter espectros fotométricos e ópticos, respectivamente, para dezenas de milhões ou até bilhões de estrelas, galáxias e quasares, construindo a mais ampla e profunda imagem do Universo. Esses experimentos nos ajudarão a entender melhor a origem da expansão acelerada, testar possíveis modelos de gravidade modificada e impor novos vínculos aos parâmetros de neutrinos. Portanto, o nosso objetivo e a nossa tarefa dentro desses experimentos são analisar diferentes modelos da Física de Neutrinos - como mecanismos de geração de massa, hierarquia de massa normal ou invertida, e cenários de neutrinos estéreis - e confrontá-los com simulações e dados cosmológicos desses levantamentos usando múltiplas sondas: oscilações acústicas bariônicas, redshift space distortion e a função de correlação de galaxy clustering e de galaxy lensing - juntamente com dados externos, como CMB e supernovas.