Busca avançada
Ano de início
Entree

Quais são as prioridades de saúde populacional? um estudo sobre as desigualdades injustas de Saúde no Brasil

Processo: 19/09164-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Ciência Política - Políticas Públicas
Pesquisador responsável:Marta Teresa da Silva Arretche
Beneficiário:Gabriel Santana Machado
Instituição-sede: Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (CEBRAP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Desigualdades   Desigualdades em saúde

Resumo

O presente projeto de Iniciação Científica está vinculado às pesquisas realizadas no Centro de Estudos da Metrópole (CEPID-FAPESP) e realizará um estudo preliminar sobre as desigualdades injustas de saúde no Brasil contemporâneo. Utilizando bancos de dados disponibilizados pelo Centro de Estudos da Metrópole (http://centrodametropole.fflch.usp.br) e de variáveis, a serem posteriormente definidas, disponibilizadas no DATASUS (http://datasus.saude.gov.br/), buscar-se-á identificar as prioridades de saúde populacional do Brasil na contemporaneidade. Especial atenção será concedida aos determinantes sociais da saúde populacional, assim como a variáveis socioeconômicas - como gênero, raça, rendimentos e escolaridade - possivelmente associadas às desigualdades de saúde existentes no país, além da disponibilidade e alocação dos recursos públicos. Um dos objetivos da pesquisa será realizar uma justificação detalhada das variáveis e das métricas que serão utilizadas para a mensuração das iniquidades de saúde - ou seja, desigualdades injustas de saúde - no país. Dessa forma, para a realização da pesquisa de iniciação científica, o pesquisador se dedicará ao estudo e análise tanto da literatura normativa sobre mensuração de desigualdades em saúde populacional, como também da literatura empírica e de métodos quantitativos e técnicas estatísticas associadas à mensuração de desigualdades de saúde populacional.