Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo fotofísico de estado triplete em sistemas doador-aceptor pi-conjugados em cromóforos derivados de carbenos de platina (II) para aplicação em OLEDs fosforescentes

Processo: 19/06882-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 15 de janeiro de 2020
Vigência (Término): 14 de janeiro de 2021
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Raquel Aparecida Domingues
Beneficiário:Raquel Aparecida Domingues
Anfitrião: Kirk Schanze
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Texas at San Antonio (UTSA), Estados Unidos  
Assunto(s):Fotofísica   Espectroscopia   Fosforescência

Resumo

O projeto objetiva a investigação de propriedades de estado excitado em cromóforos do tipo doador-aceptor em sistemas pi-conjugados, mais precisamente cromóforos derivados de carbenos de Platina (II), com ênfase no entendimento da dinâmica de cruzamento intersistemas e propriedades de estado triplete. Os materiais ainda serão também testados em dispositivos optoeletrônicos do tipo diodos orgânicos emissores de luz (OLED- Organic light emitting diodes). E por isso, uma das vertentes deste projeto será estudar as propriedades eletroluminescentes destes novos materiais e compará-la com as propriedades fotoluminescentes. Iniciaremos os estudos com uma série de complexos nos quais serão variados ligantes do tipo carbenos N- heretocíclicos (NHC = N-heterocyclic carbene) e arilacetileno, sendo utilizados materiais com anéis heterocíclicos de 5 a 6 membros para as unidades arilenos (exemplos são apresentados no esquema 1 do projeto). O projeto também inclui espectroscopia resolvida no tempo numa extensão de femtosegundos até microssegundos desta classe de materiais, usando-se escala espectral que varia de ultravioleta próximo até infravermelho próximo. O objetivo da investigação espectroscópica é entender a dinâmica e estrutura eletrônica de estados excitados nestes sistemas doador-aceptor modificados por atómos pesados. A escolha por complexos de platina foi feita para melhorar o acoplamento spin-órbita e aumentar o cruzamento intersistema e o rendimento do decaimento radiativo de estados tripletes (fosforescência). Muito é sabido em relação aos estados tripletes em cromóforos orgânicos e organometálicos, no entanto, existem poucos trabalhos com estados tripletes em cromóforos nos quais há uma forte interação doador-aceptor (transferência de carga).