Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de metais na água e sedimento do reservatório Guarapiranga (São Paulo - SP) e sua relação com o uso e ocupação do solo na região

Processo: 18/19694-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2019
Vigência (Término): 30 de junho de 2020
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Lucia Helena Gomes Coelho
Beneficiário:Karine Mirelle Rodrigues da Silva
Instituição-sede: Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas (CECS). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Assunto(s):Poluição ambiental   Monitoramento ambiental   Reservatórios de água   Águas de superfície   Sedimentos   Metais pesados   Uso do solo   São Paulo

Resumo

O atual cenário urbano no qual se situam os reservatórios de abastecimento público compromete a qualidade da água, podendo causar aumento na presença de metais contaminantes que surtem diversos efeitos negativos ao ambiente aquático. A represa Guarapiranga no estado de São Paulo se caracteriza como um reservatório urbano, sendo utilizada para abastecimento público e sujeita a contaminação por se encontrar em região de grande emissão de poluentes, tendo sua situação agravada pelas moradias irregulares existentes em seu entorno. Com isso, o presente projeto de pesquisa tem por objetivo avaliar a contribuição de metais na água e sedimento nesse reservatório urbano e relacionar a presença desses elementos com a sazonalidade e com o uso e ocupação do solo no seu entorno, através de análises em amostras coletadas dentro da represa por meio da técnica de Espectrometria de Emissão Óptica com Plasma Indutivamente Acoplado (ICP OES). Esses resultados serão relacionados à subárea ocupada pela estação de amostragem, utilizando como base a lei nº 12.233 de 2006 que divide o solo na extensão da bacia na qual a represa Guarapiranga está inserida em subáreas de acordo com a vocação de cada local. Os resultados permitirão compreender como o uso e ocupação do solo no entorno do reservatório possui relação com a qualidade da água, avaliando-se as principais fontes de emissão de metais contaminantes no reservatório.