Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise das mudanças no uso da terra em cinco décadas na microbacia do córrego Santa Fé, município de São Paulo e impactos sobre a água

Processo: 18/26301-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de junho de 2019
Vigência (Término): 31 de maio de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geografia Física
Pesquisador responsável:Edson Luís Piroli
Beneficiário:Ana Luisa de Melo Antunes de Avila
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Ourinhos. Ourinhos , SP, Brasil
Assunto(s):Recursos hídricos   Bacia hidrográfica   Ciclo hidrológico   Geoprocessamento   Sensoriamento remoto   Sistema de informação geográfica (SIG)   São Paulo (SP)

Resumo

A água, além de sua importância econômica, social e ambiental, é um recurso natural essencial à vida no Planeta Terra. Nos últimos anos devido a interferências no seu ciclo e falta de manejo adequado (Piroli, 2016), tem se tornado escassa em algumas regiões do país e do mundo, principalmente naquelas onde a população aumentou consideravelmente. Assim, ao mesmo tempo em que a necessidade de água de qualidade aumenta, seu estoque nos corpos d'água e no solo diminui. Neste contexto, esta pesquisa tem como objetivo analisar o uso da terra ao longo de cinco décadas na microbacia do Córrego Santa Fé, localizada no Distrito Anhanguera, município de São Paulo. Por meio do uso de técnicas de geoprocessamento, que incluem sensoriamento remoto e sistema de informação geográfica (SIG), serão analisadas as transformações no uso da terra que ocorreram na bacia ao longo dos anos e quais impactos estas mudanças causaram sobre a água e seu ciclo na área. A partir dos dados obtidos serão elaborados mapas temáticos do uso da terra de cada ano estudado, que posteriormente serão cruzados via módulo LCM (Land Change Modeler) do aplicativo TerrSet para identificar onde ocorreram as mudanças e quais as dimensões destas. Ao mesmo tempo serão analisadas manifestações socioespaciais, visando compreender como isso afetou a água e os recursos hídricos da área ao longo dos anos.