Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto da disfunção cardíaca perinatal na saúde cardiovascular da prole de gestantes com restrição do crescimento fetal e diabetes gestacional: um estudo de acompanhamento longitudinal desde o feto a termo até o 6º mês de vida da criança

Processo: 19/01280-3
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 02 de setembro de 2019
Vigência (Término): 01 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Conrado Milani Coutinho
Beneficiário:Conrado Milani Coutinho
Anfitrião: Baskaran Thilaganathan
Instituição-sede: Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP (HCMRP). Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : St George's University Hospitals, Inglaterra  
Assunto(s):Diabetes gestacional

Resumo

Gestações de alto risco afetadas pela restrição do crescimento fetal (RCF) e diabetes mellitus gestacional (DMG) sofrem impacto na função cardiovascular fetal e a longo prazo, aumentando o risco de resultados adversos da gravidez e morbimortalidade cardiovascular na vida adulta.O objetivo do estudo é investigar a evolução das alterações cardíacas perinatais nos parâmetros ultrassonográficos geométricos e funcionais e a preditividade de alterações dos índices cardíacos ecográficos e biomarcadores no sangue de cordão das gestações com RCF e DMG até o 6o mês de vida.Será conduzido um estudo de coorte longitudinal prospectivo com previsão de inclusão de 100 gestantes normais, cujos resultados serão comparados aos de 80 com RCF e 80 com DMG. Serão realizadas ecocardiografias no termo da gestação, com 48-72 horas e aos 3-6 meses de vida, com o objetivo de avaliar a função e anatomia cardíaca por métodos convencionais e com a inovadora tecnologia fetal HQ system para obtenção do índice de esfericidade de 24 segmentos e taxa de deformação. Haverá coleta de biomarcadores metabólicos, de disfunção cardíaca e subperfusão placentária no sangue de cordão.Este estudo visa melhorar a compreensão do impacto da adaptação cardíaca perinatal anormal na saúde cárdio-metabólica da prole das gestações acometidas por RCF e DMG e também pode ter relevância na otimização dos resultados cardiovasculares perinatais e de curto prazo destas gestações patológicas utilizando o período fetal como uma janela potencial para futuras intervenções.