Busca avançada
Ano de início
Entree

Preparação e investigação estrutural e magnética de nanopartículas metálicas e bimetálicas de Fe como potenciais veículos carreadores de fármacos

Processo: 19/07454-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Paula Silvia Haddad Ferreira
Beneficiário:Elisama Silva Martins
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Assunto(s):Materiais nanoestruturados   Nanopartículas magnéticas   Citotoxicidade   Portadores de fármacos

Resumo

Este projeto consiste em investigar veículos nanoparticulados de óxido de ferro como carreadores de biomoléculas com potenciais aplicações em células cancerígenas. Para isto, pretende-se sintetizar nanopartículas de magnetita (Fe3O4) através do método de coprecipitação de sais de Fe3+ e Fe2+, em meio aquoso e pelo método da termodecomposição de composto de coordenação de Fe3+, além de recobrir as superfícies destas nanopartículas com ligantes hidrofílicos e biocompatíveis como a molécula tiolada (-SH) de ácido dimetilsuccínico - dimethylsuccinic - (DMSA), permitindo a interação destes veículos com moléculas bioativas. Pretende-se, ainda sintetizar nanopartículas bimetálicas de Fe-Au com morfologias core-shell e com distribuição de tamanhos entre 4 a 30 nm, em estado sólido. O principal objetivo de sintetizar NPs magnéticas é utilizar a característica de monodomínios magnéticos que estas nanopartículas apresentam (superparamagnetismo) podendo ser guiadas através de um campo magnético externo até um alvo específico, sem apresentar magnetização remanescente. Para esta investigação, serão realizadas caracterizações estruturais e magnéticas, além de ensaios citotóxicos em células saudáveis. A caracterização estrutural, morfológica, magnética, a eficiência de funcionalização de ligantes na superfície das NPs, medidas de raio hidrodinâmico e potencial zeta serão realizadas utilizando-se diferentes técnicas. Os ensaios de citotoxicidade destes sistemas serão feitos em cultura de células saudáveis (fração mononuclear) e tumorais (células de câncer de mama).