Busca avançada
Ano de início
Entree

Fortalecendo a inclusão de pessoas com deficiência no sistema de saúde no Brasil

Processo: 19/09824-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de julho de 2019
Vigência (Término): 30 de junho de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Convênio/Acordo: CONFAP ; Newton Fund, com FAPESP como instituição parceira no Brasil ; MRC, UKRI
Pesquisador responsável:Christina May Moran de Brito
Beneficiário:Simone Vieira da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Atenção à saúde   Sistema de saúde   Inclusão social   Pessoas com deficiência

Resumo

A prevalência da deficiência é significativa em todo o mundo e espera-se que aumente ainda mais em razão do envelhecimento populacional, de hábitos menos saudáveis e da predominância de condições crônicas de saúde, frequentemente incapacitantes. As evidências demonstram que as pessoas com deficiência têm maiores necessidades de atenção à saúde e que essas, em geral, não são satisfeitas. Elas têm piores níveis de acesso aos serviços de saúde e piores desfechos de saúde do que as pessoas sem deficiência, especialmente em países de baixo e médio níveis de renda, como o Brasil. Ainda que a legislação e as políticas brasileiras apoiem a inclusão de pessoas com deficiência no sistema de saúde, existem falhas no acesso aos serviços regulares de saúde e aos serviços especializados em reabilitação. Melhorar a inclusão das pessoas com deficiência no sistema de saúde apresenta inúmeros benefícios, mas faltam evidências quanto ao cenário atual e quanto à melhor forma de promovê-la. Essa pesquisa é, predominantemente, exploratória e descritiva, sua abordagem é multidisciplinar e métodos mistos serão utilizados para coletar e analisar os dados. Espera-se que esse projeto produza recomendações para as partes interessadas sobre como fortalecer a inclusão das pessoas com deficiência e a provisão da reabilitação no sistema de saúde brasileiro e que proponha indicadores padronizados para a mensuração do acesso aos cuidados de saúde e da inclusão de pessoas com deficiência no sistema de saúde.