Busca avançada
Ano de início
Entree

Gestão do lixo-eletrônico face aos objetivos do desenvolvimento sustentável: os casos de Londres, Acra e São Paulo

Processo: 19/11987-7
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Pedro Roberto Jacobi
Beneficiário:Kauê Lopes dos Santos
Supervisor no Exterior: Gareth Alun Jones
Instituição-sede: Instituto de Energia e Ambiente (IEE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of London, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:17/22067-0 - Os impactos ambientais e econômicos do processamento de resíduos de equipamentos eletroeletrônicos (REEE) no Sul Global urbano: uma análise comparativa entre a macrometrópole de São Paulo (Brasil) e a grande região de Acra (GANA), BP.PD
Assunto(s):Governança ambiental   Resíduos de equipamentos eletroeletrônicos

Resumo

O aumento significativo na produção de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrônicos (REEE) - comumente conhecido como lixo-eletrônico - nos últimos anos tem levantado muitas preocupações entre os cientistas devido aos riscos que sua gestão inadequada pode gerar na saúde humana e no meio ambiente, principalmente em áreas urbanas. Ao mesmo tempo, a reciclagem de REEE representa uma forte possibilidade de implementar a logística reversa e a economia circular. O presente projeto tem como objetivo analisar e comparar três sistemas de gestão de lixo eletrônico em aglomerações urbanas distintas - Grande Zona Urbana de Londres (Reino Unido), Grande Região de Acra (Gana) e Macrometrópole Paulista (Brasil) - para avaliar em que medida eles estão atendendo os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (mais especificamente, as metas 3, 6, 8, 11, 12 e 14) estabelecidas pela Agenda 2030 da ONU. A partir dessa base, será possível levantar os desafios apresentados por esses estudos de caso - dados os contextos nacionais / regionais nos quais estão inseridos - e apontar quais instrumentos legais ou técnicos foram bem sucedidos e quais, se dotados de universalidade, poderiam ser transferidos para outras realidades urbanas. Com este projeto de pesquisa, espera-se também aprofundar as investigações científicas do Projeto FAPESP Os impactos ambientais e econômicos do processamento de Resíduos de Equipamentos Elétricos e Eletrônicos (REEE) no sul global urbano (2017 / 22067-0) e do Projeto Temático FAPESP Governança Ambiental da Macrometrópole Paulista frente à variabilidade climática (2015 / 03804-9), especialmente em relação ao debate sobre governança e saneamento ambiental no espaço urbano.