Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização físico-química e análises biológicas de dois diferentes métodos de funcionalização da superfície da liga Ti-15Mo com estrôncio

Processo: 19/10463-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Materiais Odontológicos
Pesquisador responsável:Joni Augusto Cirelli
Beneficiário:Flavia Gomes Matos
Supervisor no Exterior: Morten Foss
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Local de pesquisa : Aarhus University, Dinamarca  
Vinculado à bolsa:18/09256-1 - Avaliação biológica e das propriedades físico-químicas da superfície de Titânio-15Mo submetida ao tratamento hidrotermal com estrôncio. estudo in vitro, BP.MS
Assunto(s):Implantodontia   Tratamento de superfícies   Ósseointegração   Titânio

Resumo

Tratamentos de superfície, desenvolvimento de novas ligas e funcionalização de superfícies de implantes com elementos bioativos têm sido alvo de estudos recentes na área de implantodontia visando contribuir para o processo de osseointegração. A funcionalização da superfície de titânio com estrôncio pode ser realizada por diferentes métodos. O objetivo deste estudo é comparar, in vitro, discos da liga de titânio-15-molibdênio submetidos a dois diferentes processos de aplicação de estrôncio (Sr): 1) o método de co-sputtering de magnetron usado pelo grupo de estudo da Universidade Aarhus e 2) o método hidrotérmico utilizado pelo grupo FOAr-Unesp. As superfícies serão avaliadas quanto à topografia por meio de ensaios de microscopia eletrônica de varredura, a composição química através de ensaios de espectroscopia de fotoelétrons de raios-X e a liberação controlada de estrôncio por meio de espectrometria de emissão óptica com plasma acoplado indutivamente. Além disso, a resposta das células do ligamento periodontal (PDLCs) a essas superfícies será avaliada pela observação da morfologia celular, adesão, proliferação e citotoxicidade. Espera-se que estes resultados determinem benefícios e possíveis aplicações deste novo tratamento de superfície em Implantodontia.