Busca avançada
Ano de início
Entree

Guerra, escravidão e Estado-nação: uma perspectiva transnacional da Guerra do Paraguai: repercussões da imprensa estadunidense (1864-1870)

Processo: 18/23551-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2019
Vigência (Término): 30 de junho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Wilma Peres Costa
Beneficiário:João Paulo Saul Mekitarian de Mello
Instituição-sede: Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Guarulhos. Guarulhos , SP, Brasil
Assunto(s):História do Brasil Império   Imprensa   Estado-nação   Estados Unidos

Resumo

O projeto visa a leitura e análise de dois jornais dos Estados Unidos, um de New York e outro do Sul, procurando perceber como a Guerra da Tríplice Aliança contra o Paraguai foi tratada naqueles periódicos. Fundamenta-se em discussões desenvolvidas nas disciplinas de História do Brasil, História Contemporânea e nos debates do grupo de Leitura voltado para os séculos XVII e XIX (Lab18/19). Parte do pressuposto de que as décadas de 1860-1870, foram tempo de intensa e violenta reconfiguração mundial nas mais distintas facetas. É neste contexto em que se localizam a Guerra de Secessão (1861-1865) e a Guerra da Tríplice Aliança (1864-1870), dois conflitos longos, ultraviolentos e que carregavam de maneira distinta, o fardo da escravidão, republicanismo e a construção de Estados-Nação na América. Os conflitos ocorreram em contexto de enorme desenvolvimento dos meios de comunicação, em particular da imprensa, o que fundamenta o caráter estratégico da presente investigação, que deverá tratar, pela via da imprensa, dos conflitos econômicos, diplomáticos e geopolíticos.