Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da segurança ambiental da nanoatrazina e azadiractina

Processo: 19/12257-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de julho de 2019
Vigência (Término): 30 de junho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Química de Macromoléculas
Pesquisador responsável:Leonardo Fernandes Fraceto
Beneficiário:Fernanda Sana Pertrini
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia. Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Sorocaba. Sorocaba , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/21004-5 - Agricultura, micro/nanotecnologia e ambiente: da avaliação dos mecanismos de ação a estudos de transporte e toxicidade, AP.TEM
Assunto(s):Nanotecnologia   Substâncias húmicas   Avaliação de risco   Riscos ambientais

Resumo

O objetivo do estudo é avaliar os efeitos ecotoxicológicos da nanoatrazina e da azadiractina através de ensaios com vários organismos (algas, plantas, invertebrados e vertebrados) considerando a influência da presença da interação com substâncias húmicas. Para tanto, serão avaliados parâmetros de letalidade e subletalidade em Pseudokirchneriella subcapitata, Lemna minor, Lactuca sativa, Daphnia similis, Artemia salina, Hydra attenuata, C. elegans, Panagrolaimus sp. e Danio rerio e calculada a NOEC para cada organismo com cada composto-teste sem e com ácido húmico. Os resultados obtidos contribuirão para a avaliação de risco destes nanocompostos.