Busca avançada
Ano de início
Entree

Prospecção de bioatividade de peptídeos provenientes de hidrolisados de colágeno

Processo: 19/11200-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de junho de 2019
Vigência (Término): 31 de março de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Ciência e Tecnologia de Alimentos - Ciência de Alimentos
Pesquisador responsável:Maria Teresa Bertoldo Pacheco
Beneficiário:Ana Lais Andrade Gaspardi
Instituição-sede: Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/50349-0 - Plano de desenvolvimento institucional em pesquisa do Instituto de Tecnologia de Alimentos - ITAL (PDIp), AP.PDIP
Assunto(s):Compostos bioativos   Antioxidantes

Resumo

A conscientização dos consumidores sobre efeitos positivos dos alimentos funcionais na saúde gera uma força motriz para compreender a ação dos peptídeos bioativos no organismo. Peptídeos bioativos são foco de muitas pesquisas relacionadas principalmente as atividades antioxidante e hipoglicemiante. O sistema de defesa antioxidante do organismo é responsável pela neutralização da produção dos radicaislivres no organismo. O enfraquecimento deste sistema de defesa deixa o organismo mais susceptível à oxidação, o que caracteriza um estado de estresse oxidativo,responsável pelo aparecimento e desenvolvimento de doenças crônicas degenerativas não transmissíveis (DDNT). Pesquisas envolvendo alimentos ou componentes de alimentos com propriedade antioxidante utilizam vários métodos in vitro para medir esta atividade, permitindo principalmente a comparação entre diversos produtos. A execução do teste de atividade antioxidante de peptídeos tem como objetivo principal selecionar aqueles que apresentem maior potencial para auxiliar o sistema de defesa do organismo. Por sua vez, um estudo detalhado das características destes peptídeos selecionados, tais como, tamanho molecular, característica estrutural e composição aminoacídica, dão suporte para melhor entendimento do mecanismo bioquímico de como este poder antioxidante se processa no organismo. O objetivo deste trabalho será a caracterização e determinação da atividade antioxidante e hipoglicemiante em amostras de hidrolisados do colágeno suíno e bovino de pequeno tamanho molecular (>3,5 kDa). Os hidrolisados serão caracterizados quanto a composição aminoacídica, aminoácidos livres,porcentagem de distribuição de tamanho e perfil de hidrofobicidade. A atividadeantioxidante avaliada pelos métodos de DPPH,ABTS, FRAP,ORAC e atividade de proteção do DNA. Os resultados possibilitarão o conhecimento de novos potenciais para aplicação das frações hidrolisadas de baixo peso molecular assim como levantar algumas hipóteses do mecanismo de ação.