Busca avançada
Ano de início
Entree

Espaço doméstico e espaço cívico em Aristófanes e Eurípides

Processo: 19/07542-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2019
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literaturas Clássicas
Pesquisador responsável:Christian Werner
Beneficiário:Félix Jácome Neto
Supervisor no Exterior: Xavier Riu Camps
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universitat de Barcelona (UB), Espanha  
Vinculado à bolsa:18/17414-6 - O tema da crise e salvação da cidade em Aristófanes e Eurípides, BP.PD
Assunto(s):Literatura grega   Comédia

Resumo

Muitos estudos têm recentemente focado sobre o aspecto performativo do drama grego, elucidando os elementos visuais das peças, tais como espaço, objetos, gestos e máscaras. Ainda assim, relativamente poucos trabalhos têm relacionado os resultados destas investigações sobre performance com as principais questões políticas que caracterizaram o momento histórico no qual nasceram a tragédia e a comédia. Este projeto de pesquisa pretende comparar Aristófanes e Eurípides em relação à interligação entre o mundo doméstico do oikos e o espaço cívico da polis por meio da oposição simbólica entre a área "interior" do edifício que servia de cenário (a skene) e a área "externa" do espaço de atuação dos atores (a orchestra). Nesse sentido, a abordagem desta pesquisa combinará uma leitura filológica de passagens específicas das peças com ferramentas metodológicas desenvolvidas pelos estudos sobre performance do teatro antigo, a exemplo da análise de entrada e saída das personagens a partir e para os espaços cênicos. Esta investigação demonstrará como a comédia antiga e a tragédia trabalharam o espaço dramático de maneira diferente de modo a comunicar uma visão particular de casa e cidade. Este projeto de pesquisa, portanto, possui consequências significativas tanto para o domínio mais amplo dos discursos gregos acerca da cidadania e da polis, como para a dinâmica dos gêneros literários na Grécia clássica.