Busca avançada
Ano de início
Entree

Mudanças nas políticas patrimoniais e de cultura: musicar, ativismo e cultura popular no Brasil Contemporâneo

Processo: 19/04064-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 31 de agosto de 2019
Vigência (Término): 30 de agosto de 2020
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Música
Pesquisador responsável:Suzel Ana Reily
Beneficiário:Lorena Avellar de Muniagurria
Supervisor no Exterior: Michael Benjamin Silvers
Instituição-sede: Instituto de Artes (IA). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Illinois at Urbana-Champaign, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:17/20126-0 - O fazer musical do carimbó de Santarém Novo: música, política e a construção de um patrimônio cultural brasileiro, BP.PD
Assunto(s):Etnomusicologia   Brasil

Resumo

O estágio de pesquisa no exterior ora proposto integra a pesquisa de pós-doutorado financiada pela FAPESP, já em curso no Brasil (processo 17/20126-0). Esse projeto tem por objetivo investigar o musicar do carimbó e suas relações com o universo das políticas públicas, particularmente das políticas de patrimônio cultural. Ele se baseia em uma pesquisa multissituada que, partindo de uma localidade particular, acompanha uma rede de carimbozeiros atuante em diversas localidades do estado do Pará. A pesquisa inclui ainda uma etnografia em redes sociais de carimbozeiros e em sites governamentais relacionados à política de patrimônio. O trabalho de campo encontra-se em estado avançado, já tendo sido realizada a maior parte da pesquisa de campo necessária para o projeto pós-doutoral. O ano de intercâmbio será dedicado à organização e análise desse material, tarefa que será realizada tendo em vista dois principais objetivos: (1) investigar as implicações da patrimonialização do carimbó, considerando especialmente mudanças em termos no musicar e em categorias tais "carimbó tradicional"; (2) identificar e analisar os impactos da crise política atualmente vivida no país sobre as políticas de patrimônio e sobre o ativismo cultural, atentando particularmente para imbricações mútuas entre música e política no caso considerado. Para tanto, a articulação e o diálogo com três principais áreas de pesquisa será fundamental: os campos de estudo sobre música popular, sobre políticas públicas para o patrimônio cultural e sobre o Brasil. Os resultados da pesquisa - sob o formato de artigos em inglês a serem publicados em revistas de alto impacto e de apresentações em congressos (inter)nacionais - devem contribuir para sanar lacunas em relação às particularidades da música no campo do patrimônio cultural imaterial, bem como em relação à crescente demanda por pesquisas que analisem a sociedade e a política brasileira contemporânea.