Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da N-acetilcisteína no comportamento alimentar do vetor Philaenus spumarius associado a transmissão de Xylella Fastidiosa

Processo: 19/13768-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Joao Roberto Spotti Lopes
Beneficiário:Karla Kudlawiec
Supervisor no Exterior: Alberto Fereres Castiel
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Local de pesquisa : Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC), Espanha  
Vinculado à bolsa:18/19980-9 - N-acetilcisteína em estudos de aquisição e transmissão de Xylella Fastidiosa em citros, BP.MS
Assunto(s):Entomologia   Xylella fastidiosa   Vetores   Transmissão

Resumo

A Clorose Variegada dos Citros (CVC) é uma doença causada pela bactéria Xylella fastidiosa subesp. pauca. Esta bactéria está entre os dez patógenos vegetais mais importantes, e devido a epidemia em plantas de oliveira, na Itália, é considerada um patógeno reemergente. A patogenicidade desta bactéria é dependente da formação do biofilme. As principais medidas de controle da CVC aumentam os custos de produção. Como estratégia alternativa, estudos foram conduzidos afim de demonstrar a eficiência da N-acetilcisteína (NAC) na inibição da formação de biofilme a um baixo custo e sem nenhum dano conhecido ao meio ambiente. O NAC é uma molécula antimicrobiana que tem sido usada eficientemente para controle pela redução do título bacteriano e dos sintomas da CVC em plantas cítricas, podendo também afetar a formação de biofilme no inseto vetor, e afetar o comportamento alimentar relacionado à aquisição e / ou inoculação de patógenos . A técnica do EPG (Electrical Penetration Graph) é uma importante ferramenta utilizada para estudos biológicos e comportamentais de interação vetor-bactéria. Esta proposta BEPE pretende aplicar a técnica de EPG nos estudos das interações vetor-NAC, usando um sistema de alimentação in vitro, no qual o NAC será oferecido ao inseto vetor através de uma dieta artificial, eliminando o efeito da planta e permitindo o monitoramento das atividades alimentares. O estágio será realizado no Laboratório Alberto Fereres, na Espanha, que é especialista em estudos de comportamento de sondagem de hemipteranos em dietas artificiais utilizando EPG (Cornara et al., 2019, J. Appl Entomol). A cigarrinha vetora Philaneus spumarius será exposta a plantas tratadas com NAC e a dietas artificiais contendo NAC para estudar seu comportamento alimentar. Os dados resultantes perimitirão determinar se o NAC afeta variáveis de comportamento de alimentação do vetor que estão associadas à aquisição e inoculação de X. fastidiosa.