Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise econômica da mediação e moderação aplicada ao Serviço Nacional de Saúde do Brasil (SUS)

Processo: 19/11339-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 06 de agosto de 2019
Vigência (Término): 05 de fevereiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Educação Física
Pesquisador responsável:Jamile Sanches Codogno
Beneficiário:Lionái Lima dos Santos
Supervisor no Exterior: Nana Kwame Anokye
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Local de pesquisa : Brunel University, Inglaterra  
Vinculado à bolsa:18/07281-9 - Impacto da hipertensão arterial sobre os custos da atenção primária e secundária à saúde: papel da atividade física, BP.MS
Assunto(s):Saúde pública   Sistema Único de Saúde

Resumo

A hipertensão arterial (HA) afeta mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo, sendo uma das doenças mais prevalentes. A HA é um fator de risco para acidente vascular cerebral e ataque cardíaco, aumentando os custos dos cuidados de saúde. Por outro lado a atividade física tem sido relacionada a menores custos assistenciais, uma vez que a atividade física é capaz de efetuar tanto a prevenção quanto o tratamento de muitas doenças, como a HA. Até onde sabemos, não há previsão sobre o ônus econômico da HA nos serviços de atenção primária oferecidos pelo Serviço Nacional de Saúde. Além disso, a maioria dos estudos que avaliam aspectos econômicos do Serviço Nacional de Saúde brasileiro é de desenho transversal e usa abordagens estatísticas e econômicas simples, que não parecem complexas o suficiente para capturar o mesmo impacto da HA e da atividade física nos custos de saúde. Objetivo deste estudo é baseado no desafio de dominar novas abordagens estatísticas e econômicas, a fim de criar intervenções efetivas de atividade física visando mitigar o ônus das doenças crônicas no SUS. A amostra foi composta por adultos com idade entre 30 e 65 anos. Os custos dos cuidados de saúde no nível primário e secundário de atenção será o principal resultado desta pesquisa, e os métodos previamente validados serão usados para avaliá-los. HA será avaliada por registros médicos. A atividade física foi avaliada durante a entrevista por meio de um questionário previamente validado e será utilizada como variável de moderação. Serão avaliados para ajustar os modelos estatísticos: sexo, idade cronológica e condição econômica, diagnóstico prévio de outras doenças crônicas, circunferência da cintura e presença de sobrepeso / obesidade. Para este estudo, usaremos a abordagem estatística chamada "Análise da curva de crescimento latente" (LGCA)