Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização da expressão de FoxO3a em células de leiomioma e leiomiossarcoma uterino

Processo: 18/21616-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Kátia Cândido Carvalho
Beneficiário:Dara Oliveira Ferreira
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Ginecologia   Cultura de células   Fatores de transcrição   Leiomioma   Leiomiossarcoma   Miométrio

Resumo

Dentre os sarcomas de corpo uterino, o leiomiossarcoma (LMS) é o mais comum, com altas taxas de metástase e recidiva, mesmo quando diagnosticado precocemente. Trata-se de tumor mesenquimal que surge no miométrio e apresenta altos índices de morbidade e mortalidade devido às suas características clínicas e complexidade histológica. O tratamento padrão para esses tumores é o cirúrgico, devido a quimioterapia e a radioterapia não apresentarem grande impacto na sobrevida das pacientes. Dado a raridade e agressividade do LMS, até o momento, não há consenso quanto a um tratamento clínico específico e menos invasivo. Todos esses aspectos reforçam ainda mais a necessidade de novas estratégias terapêuticas para essas neoplasias. Nesse contexto, diversos estudos demonstram que o fator de transcrição FOXO3A exerce relevante papel na regulação celular, agindo como um supressor tumoral, onde sua inativação ou perda de expressão são associadas à formação e crescimento de tumores. No entanto, resultados recentes de nosso grupo de pesquisa apontam o FOXO3A com expressão aumentada em tumores mesenquimais uterinos, em comparação ao miométrio adjacente normal. Além disso, sua expressão foi crescente de acordo com o potencial de malignização do tumor (partindo dos leiomiomas até os LMS). Esse trabalho faz parte de um projeto maior que visa avaliar in vitro os efeitos da restauração e inibição do FOXO3A nesses tumores com o objetivo de caracterizar o perfil de expressão do fator de transcrição FOXO3A em cultura de células de miométrio, leiomioma e leiomiossarcoma. Para isto, inicialmente, células de miométrio (ATCC PCS-460-011), leiomioma (THESCs - CRL-4003) e leiomiossarcoma (SK-UT-1 - HTB-114) serão caracterizadas quanto ao seu perfil de expressão de FOXO3A, por Western Blot e PCR em tempo real. Em paralelo serão realizadas análises do perfil de expressão do FOXO3A fosforilado e não fosforilado em amostras de pacientes, pelo método de imunoistoquímica.