Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da inclusão crescente de melaço de soja em dietas para cordeiros confinados: características de carcaça e qualidade de carne

Processo: 19/04445-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2019
Vigência (Término): 30 de junho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Jane Maria Bertocco Ezequiel
Beneficiário:Lívia Maria Sampaio Ferraz Sepini de Souza Grilo
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Ovinocultura   Dieta animal   Confinamento animal   Eficiência alimentar   Melaço   Soja   Cordeiros   Características de carcaça   Qualidade da carne

Resumo

O melaço de soja (MSO) é um subproduto oriundo da extração de carboidratos do farelo de soja desengordurado. O MSO possui altas quantidades de açúcares de alto potencial de uso na alimentação de ruminantes, e pode substituir ingredientes energéticos sem causar queda no desempenho animal, além de tornar a atividade mais rentável. Contudo, ainda são escassos na literatura dados sobre os efeitos da inclusão em dietas para ovinos confinados. Neste sentido, levanta-se a hipótese de que a eficiência alimentar seja positiva com a inclusão deste subproduto, com melhora nos parâmetros de qualidade de carne e carcaça de cordeiros confinados. Desta maneira, o presente projeto tem por objetivo avaliar os efeitos da inclusão crescente de MSO em substituição parcial ao grão de milho em dietas para cordeiros terminados em confinamento. Serão avaliados o desempenho, as características de carcaça e qualidade de carne de. 40 cordeiros (Santa Inês x Dorper), não castrados, com peso inicial de ± 20 kg, e ± 90 dias idade. Os animais serão distribuídos em delineamento de blocos casualizados sendo submetidos a 4 dietas experimentais, que consistirão na inclusão de 0, 100, 200 ou 300 g de MSO por kg de dieta total em substituição parcial ao grão de milho. Durante o experimento serão avaliados os parâmetros de desempenho, e após o abate as características de carcaça, e parâmetros de qualidade de carne. Caso a hipótese se confirme, contribuirá para demonstrar que o MSO é uma alternativa que proporciona animais com similar desempenho e com melhora nos quesitos qualidade de carne e carcaça, fato que poderá auxiliar nutricionistas e produtores, além de contribuir com redução dos dejetos para meio ambiente, que por sua vez, ajudam a manter a pecuária viável no Brasil e ao redor o mundo.