Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo dos parâmetros cardiovasculares em mulheres hipertensas, antes e após a menopausa - efeitos da associação do treinamento físico aeróbio com maleato de enalapril e losartan

Processo: 18/17892-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2019
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2022
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Hugo Celso Dutra de Souza
Beneficiário:Stella Vieira Philbois Duarte
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Menopausa   Hipertensão   Treinamento físico

Resumo

A menopausa é resultante da expressiva redução da produção dos hormônios ovarianos que ocorre durante o climatério. Essa redução aumenta o risco da ocorrência de doenças cardiovasculares, uma vez que esses hormônios influenciam diversos mecanismos fisiológicos de regulação da homeostase corporal. Nesse aspecto, sabe-se que esses hormônios, especialmente os estrogênios, influenciam positivamente a regulação autonômica cardiovascular, inclusive por meio de suas ações sobre o sistema renina-angiotensina-aldosterona (SRAA), tanto reduzindo a expressão dos receptores AT1, assim como diminuindo a atividade da enzima conversora de angiotensina (ECA). No entanto, em mulheres que mesmo antes do climatério apresentam doença cardiovascular, caso da hipertensão arterial sistêmica (HAS), as consequências sobre a regulação autonômica cardiovascular podem ser ainda mais graves. Nesse caso, a prescrição farmacológica, inclusive com drogas com ação sobre o SRAA, associada às mudanças nos hábitos de vida, como a prática regular de exercícios físicos aeróbios, é frequentemente indicada e apresenta resultados bastante animadores. Contudo, desconhecemos se há maiores benefícios autonômicos cardiovasculares quando o treinamento físico aeróbio é associado ao tratamento farmacológico com Losartan ou Maleato de Enalapril, uma vez que são drogas muito utilizadas e com mecanismos de ação distintos. Objetivos: Investigar em mulheres hipertensas, tanto em idade reprodutiva quanto após a menopausa fisiológica, os efeitos do tratamento farmacológico com Maleato de Enalapril e Losartan associados ao treinamento físico aeróbio sobre a hemodinâmica e o controle autonômico cardiovascular. Métodos: 80 mulheres hipertensas sedentárias serão divididas em dois grandes grupos; grupo em idade reprodutiva (30 - 45 anos; N=40) e grupo pós menopausa (55 - 65 anos; N=40). Cada grupo será subdivido em dois menores grupos; grupo tratado com Maleato de Enalapril (N=20) e grupo tratado com Losartan (N=20). Todos os grupos serão submetidos aos seguintes procedimentos experimentais em dois momentos, antes e após o período de treinamento físico aeróbio de 16 semanas em esteira motorizada; exame sanguíneo completo; análise antropométrica; avaliação da capacidade cardiopulmonar por meio do teste ergoespirométrico; avaliação do controle autonômico cardiovascular por meio da análise da sensibilidade barorreflexa e da variabilidade da frequência cardíaca e da pressão arterial.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PHILBOIS, STELLA V.; FACIOLI, TABATA P.; GASTALDI, ADA C.; RODRIGUES, JHENNYFER A. L.; TANK, JENS; FARES, THAUANE H.; RODRIGUES, KARINE P.; SOUZA, HUGO C. D. Important differences between hypertensive middle-aged women and men in cardiovascular autonomic control-a critical appraisal. BIOLOGY OF SEX DIFFERENCES, v. 12, n. 1 DEC 11 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.