Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de fase monolítica orgânica para determinação de peptídeos b-amilóide AB40 e AB42 em amostras de plasma de pacientes com a Doença de Alzheimer por UHPLC-MS/MS no modo column switching

Processo: 19/04386-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2019
Vigência (Término): 30 de junho de 2022
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Analítica
Pesquisador responsável:Maria Eugênia Queiroz Nassur
Beneficiário:Caroline Fernandes Grecco
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:17/02147-0 - Cromatografia líquida em uma gota e seu acoplamento com espectrometria de massas: estratégias instrumentais, desenvolvimento de materiais, automatização e aplicações analíticas, AP.TEM
Assunto(s):Doença de Alzheimer   Cromatografia   Cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas

Resumo

A Doença de Alzheimer (DA) é uma demência neurodegenerativa progressiva que afeta cerca de 5% da população mundial com mais de 65 anos de idade, podendo manifestar-se também em indivíduos com menos de 40 anos (DA de acometimento precoce). A DA é caracterizada patologicamente pela presença de placas senis e de novelos neurofibrilares no cérebro. A formação das placas senis deve-se a acumulação extracelular dos peptídeos ²-amilóides, enquanto que os novelos neurofibrilares originam-se através do acumulo da proteína tau. A maioria dos fármacos desenvolvidos para o tratamento da DA procuram reduzir a produção, evitar a agregação e/ou promover a eliminação de peptídeos ²-amilóides. Considerando os impactos negativos que a DA causa na vida dos doentes, levando-os a perderem a autonomia nas atividades rotineiras e tornando-os dependente da ajuda de terceiros, torna-se fundamental a existência de um tratamento modificador da doença ou de caráter preventivo. Nesse sentido, os estudos têm sido direcionados para a determinação de peptídeos ²-amilóides como possíveis biomarcadores da doença de Alzheimer em fluidos biológicos. A cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas em tandem (LC-MS/MS) tem sido utilizada na determinação de compostos endógenos em fluidos biológicos. A etapa de preparo de amostras tem sido requerida no desenvolvimento de métodos LC-MS/MS, para eliminar os interferentes e pré-concentrar os analitos, quase sempre presentes em níveis de traços nas amostras biológicas. A LC-MS/MS no modo column switching permite a automação das análises através da hifenação da etapa de preparo de amostras biológicas (pré-concentração dos analitos e remoção de grande parte dos componentes interferentes) com o sistema cromatográfico. Os materiais biocompatíveis monolíticos orgânicos podem ser preparados por polimerização in situ, diretamente no interior do capilar de sílica fundida e apresentam algumas vantagens como alta estabilidade em ampla faixa de pH, fácil e rápida preparação, baixa pressão no sistema analítico e alta permeabilidade. Neste projeto, o método LC-MS/MS no modo column switching, será padronizado e validado para a determinação de peptídeos ²-amilóides A²40 e A²42 em amostras de plasma de pacientes com a doença de Alzheimer. Um monolito orgânico com grupos sulfônicos será sintetizado no interior de capilares de sílica fundida e utilizado na primeira dimensão (1D) do sistema column switching. O revestimento do material monolítico com materiais de acesso restrito (RAM) também será avaliado. Na segunda dimensão (2D) do sistema column switching serão avaliadas duas colunas analíticas, sendo uma em fase reversa (RP) e outra utilizando cromatografia líquida por interação hidrofílica (HILIC).