Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudos citogenéticos em duas espécies de Tetraodontiformes utilizando a técnica de cultura de células

Processo: 19/08115-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Claudio de Oliveira
Beneficiário:Andressa Galasso
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Biodiversidade   Peixes   Tetraodontiformes   Citogenética   Cromossomos   Cariótipo

Resumo

A ordem Tetraodontiformes possui aproximadamente 440 espécies válidas distribuídas em 10 famílias. Esse grupo apresenta os genomas mais compactos entre todos os vertebrados e várias peculiaridades cromossômicas que os torna um grupo muito interessante para estudos citogenéticos. Apenas 65 espécies foram estudadas citogeneticamente até momento e isso pode está relacionado ao fato das preparações dos cromossomos dos tetraodontídeos serem difíceis de obtenção. Uma abordagem onde se utilize da metodologia de cultura de células a partir de um pequeno fragmento de tecido para fornecer cromossomos de qualidades, muitas vezes sem a necessidade de sacrifício do indivíduo, o que pode ser considerada uma boa alternativa para estudar os cariótipos de Tetraodontiformes. Assim, o presente estudo tem como objetivo estudar citogeneticamente duas espécies da ordem Tetraodontiformes utilizando a técnica de cultura de células aderentes com intuito de ampliar as informações citogenéticas para esse grupo. Com o presente projeto pretende-se: (1) Ajustar a metodologia de cultura de células para Tetraodontiformes; (2) Isolar e manter culturas primárias de células de fibroblastos de duas espécies de Tetraodontiformes; (3) Estabelecer linhagens celulares dessas espécies; (4) Obter preparações cromossômicas dessas linhagens celulares; (5) Testar marcadores citogenéticos nas espécies estudadas; e (6) Criopreservar as linhagens celulares obtidas em nitrogênio líquido. Com isso pretendemos dar um passo significativo nos estudos citogenéticos para ordem Tetraodontiformes, além de agregar essas linhagens ao banco de células de peixes marinhos do nosso laboratório.