Busca avançada
Ano de início
Entree

Triagem de bibliotecas químicas e caracterização bioquímica e estrutural de ligantes de alvos moleculares para o tratamento de doenças inflamatórias

Processo: 19/10473-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2019
Vigência (Término): 30 de junho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Farmacologia Bioquímica e Molecular
Pesquisador responsável:Thiago Mattar Cunha
Beneficiário:Amanda Araujo Souza
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/08216-2 - CPDI - Centro de Pesquisa em Doenças Inflamatórias, AP.CEPID
Assunto(s):Doenças inflamatórias   Cristalografia

Resumo

As doenças inflamatórias são um grupo complexo e heterogêneo de doenças que causam morbidade e mortalidade, representando um importante problema socioeconômico. Nesse contexto, o papel do centro de pesquisa em doenças inflamatórias (CRID) é realizar uma pesquisa translacional, envolvendo pesquisa básica e clínica na área de doenças inflamatórias. Nos últimos anos vários estudos foram realizados pelo CRID, resultando na caracterização de várias moléculas envolvidas na fisiopatologia de doenças inflamatórias. A partir desses alvos definidos, um dos objetivos do CRID é descobrir novos moduladores químicos das proteínas alvo hKMO e hPAD41-6. A Quinurenina 3-monooxigenase (KMO) é uma enzima que catalisa a hidroxilação da L-quinurenina (L-Kyn) formando 3-hidroxiquinurenina (L-3OHKyn). Esta enzima é uma enzima chave na degradação do triptofano via quinurenina (Kyn), sendo classificada como um alvo importante para o estudo e tratamento de doenças neurodegenerativas e neuroinflamatórias3,4. A Peptidil arginina deaminase tipo 4 (PAD4) é uma enzima que catalisa a citrulinação e deaminação de resíduos de arginina em diferentes proteínas, e unicamente em proteínas histonas, que atuam sobre a cromatina regulando a transcrição. A PAD4 é considerada um alvo importante para o estudo da artrite reumatoide5,6. Estudos realizados pelo CRID e colaboradores estabeleceram previamente, protocolo de expressão, purificação e condições de preparo das enzimas hKMO e PAD4 para estudos estruturais (cristalografia de proteínas por raio-X) e desenvolveram protocolo de atividade enzimática in vitro para uma KMO comercial de Pseudomonas fluorescens. Portanto, a partir dos resultados prévios, o foco inicial das atividades será de estabelecer o ensaio de triagem de compostos para inibição da enzima hKMO em moldes high throughput screening (HTS), seguido da triagem de bibliotecas químicas e caracterização bioquímica e estrutural dos inibidores encontrados. Uma vez realizado será dado enfoque ao estabelecimento do ensaio, triagem e caracterização de moduladores da enzima PAD4.