Busca avançada
Ano de início
Entree

Compensações ecológicas na República Popular da China: rumo a uma civilização ecológica?

Processo: 19/03581-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2019
Vigência (Término): 30 de abril de 2022
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Sociologia - Outras Sociologias Específicas
Pesquisador responsável:Leila da Costa Ferreira
Beneficiário:Niklas Werner Weins
Instituição-sede: Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Sociologia ambiental   Ideologia política   Grupos sociais   China

Resumo

As mudanças ambientais globais decorrentes da ação do homem afetam as sociedades de formas desiguais, logo se faz imperativo analisar as oportunidades e ameaças do uso da natureza a partir de diferentes perspectivas. As bruscas mudanças econômicas e culturais pelas quais a China passou no século XX levaram à crise ambiental atual, e são razão pela qual as lideranças pretendem construir uma civilização ecológica. As compensações ecológicas são uma solução promissora ao problema de integração entre conservação e desenvolvimento econômico. A presente pesquisa consiste numa análise das instituições sociais locais envolvidas em arranjos de compensações ecológicas na zona administrativa especial de Chongqing, na República Popular da China (RPC). Uma análise documental e entrevistas com stakeholders, conselhos ambientais e amostras da população provedora (periurbana) e a beneficiada (urbana) poderão apontar para a influência de uma ideologia política nacional no comportamento de grupos sociais, considerando dimensões institucionais formais e informais. (AU)