Busca avançada
Ano de início
Entree

Ensaio de complementação trofectodérmica para células pluripotentes: uma proposta para avaliação da pluripotência na espécie bovina

Processo: 19/10751-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 21 de agosto de 2019
Vigência (Término): 20 de maio de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Reprodução Animal
Pesquisador responsável:Marcelo Fábio Gouveia Nogueira
Beneficiário:Ramon Cesar Botigelli
Supervisor no Exterior: Pablo Juan Ross
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of California, Davis (UC Davis), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:16/16841-2 - Ensaio de complementação trofectodérmica para células IPS: uma proposta para avaliação da pluripotência na espécie bovina, BP.DR
Assunto(s):Reprogramação celular   Células-tronco pluripotentes induzidas   Micromanipulação   Quimera   Bovinos

Resumo

Após o surgimento da reprogramação celular induzida, realizada através da adição de fatores de transcrição "Yamanaka" (Oct4, Sox2, Klf4 e cMyc) às células somáticas, a quantidade de pesquisas relacionadas à geração e manutenção da pluripotência aumentou muito. Ainda, investigações adicionais sobre o estado pluripotente dessas células ainda são necessárias, uma vez que diferentes protocolos, caracterizações e propósitos têm sido utilizados. Uma grande incerteza sobre as iPS é quão preservado é o estado pluripotente destas células. Dos muitos instrumentos utilizados para investigar o estado pluripotente das células tronco (embrionárias ou induzidas), o quimerismo embrionário é destacado. Dentro deste contexto, a partir do ensaio de complementação tetraplóide (TCA) é possível gerar um indivíduo totalmente novo cujo genótipo é maioritariamente/exclusivamente derivado das células pluripotentes utilizadas no embrião quimérico, pelo menos em murinos. No entanto, em bovinos, o TCA não tem a mesma eficiência, por isso desenvolvemos uma nova estratégia para atingir esse objetivo. Essa nova estratégia foi chamada de ensaio de complementação de trofectodérmica (TrCA) e tem um processo de patente pendente. Assim, iPSCs bovinas (biPSCs) são usadas para produzir quimeras embrionárias in vitro com diferentes metodologias (TCA e TrCA) pela agregação de biPSC com embriões (diplóides ou tetraplóides) ou com fragmentos de trofectoderma de embriões produzidos in vitro. A fim de verificar a competência embrionária, avaliaremos o blastocisto quimérico na expressão de genes relacionados à qualidade do embrião, na organização de organelas e núcleo por análise ultraestrutural (descritiva) e também a imunolocalização para diferenciação de tecidos embrionários. Nossa pesquisa pode potencialmente fornecer conhecimento sobre o status da manutenção de biPSC pluripotentes e também sobre a capacidade de gerar novos indivíduos por meio da TrCA em bovinos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BESSI, BRENDON WILLIAN; BOTIGELLI, RAMON CESAR; PIERI, NAIRA CAROLINE GODOY; MACHADO, LUCAS SIMOES; CRUZ, JESSICA BRUNHARA; DE MORAES, PAMELA; DE SOUZA, ALINE FERNANDA; RECCHIA, KAIANA; BARBOSA, GABRIELA; DE CASTRO, RAQUEL VASCONCELOS GUIMARAES; NOGUEIRA, MARCELO FABIO GOUVEIA; BRESSAN, FABIANA FERNANDES. Cattle In Vitro Induced Pluripotent Stem Cells Generated and Maintained in 5 or 20% Oxygen and Different Supplementation. CELLS, v. 10, n. 6 JUN 2021. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.