Busca avançada
Ano de início
Entree

Células T CD8 reguladoras: amigas ou inimigas nas vias de infecção

Processo: 19/12431-2
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Celular
Pesquisador responsável:Jean Pierre Schatzmann Peron
Beneficiário:Nagela Ghabdan Zanluqui
Supervisor no Exterior: Laura Kate Mackay
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Melbourne, Austrália  
Vinculado à bolsa:16/07371-2 - "caracterização do papel de Linfócitos T CD8+ na infecção por Zika Vírus", BP.DR
Assunto(s):Infecção   Resposta imune

Resumo

As células T CD8 efetoras são importantes no controle de infecções virais e crescimento tumoral a partir de mecanismos citolíticos como secreção de granzima e perforina, interação entre Fas-FasL e por citocinas, como IFN-³ e TNF-±. Diferentemente destas células, as células T CD8 reguladoras (CD8regs) possuem potente funções supressoras e reguladoras em comparação com as células CD4regs. Essas atividades podem ocorrer pela interação Fas-FasL, pela secreção de TGF-² e IL-10, ou pela expressão de alguns marcadores supressores como CD39. Essas células CD8regs podem expressar muitos marcadores reguladores / supressores, como CD122, CTLA4, PD-1, CD103 e Foxp3, entre outros. As células CD8regs estão envolvidas no controle da resposta deletéria após o transplante, suprimindo a resposta imune contra o enxerto. Por outro lado, durante as infecções, essas células parecem suprimir a resposta imune contra vírus, o que resulta no aumento da replicação viral e no estabelecimento da infecção. Curiosamente, essas células podem estar relacionadas à manutenção da tolerância durante a gestação, e as células CD8regs in vitro podem ser geradas após a incubação com trofoblastos, além disso, os defeitos nas células CD8 na decídua podem causar danos à placenta e resultar em restrição fetal crescimento. Desta forma, as células CD8reg são importantes em muitos cenários diferentes, comportando-se como Amigos em alguns casos, ou Inimigos em outros. Aqui vamos caracterizar se existem células CD8reg na pele e, avaliar o papel delas na pele, no útero e na placenta nos primeiros passos da infecção viral, já que o vírus Zika (ZIKV) utiliza estas vias para a sua infecção. Portanto, este projeto visa contribuir para o projeto de doutorado (2016 / 07371-2) cujo objetivo é avaliar o papel das células T CD8 durante a infecção pelo ZIKV. Esses experimentos serão conduzidos em um laboratório de ponta liderado pela professora Laura Mackay (Melbourne - AUS), que tem uma vasta experiência no estudo das células T CD8 residentes de memória em modelos de pele. Esta pesquisa contribuirá para uma melhor compreensão da imunobiologia das células CD8 na infecção congênita causada pelo ZIKV e, talvez, descobrir ferramentas para o controle da replicação viral e da transmissão congênita do ZIKV.