Busca avançada
Ano de início
Entree

FtsZ, principal proteína coordenadora da divisão celular bacteriana: busca de novos inibidores por microscopia automatizada

Processo: 19/09977-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Frederico José Gueiros Filho
Beneficiário:Brenda Chagas da Silva Armonico
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Microbiologia   Genética microbiana   Bacillus subtilis   Farmacorresistência bacteriana   Antibióticos

Resumo

As bactérias causadoras de diversas doenças infecciosas são cada vez mais multirresistentes aos antibióticos atuais, acarretando um alto índice de mortalidade. Os medicamentos existentes são limitados a poucos alvos de ação como a síntese de proteína, síntese do ácido nucleico e síntese da parede celular. Para contornar a resistência bacteriana aos antibióticos que já existem precisamos de moléculas que atuem com novos mecanismos de ação. Portanto, propomos a inibição da proteína FtsZ, principal coordenadora da divisão celular bacteriana, como alvo para identificação de uma nova classe de antibióticos. Como modelo usaremos o Bacillus subtilis, que é bem conhecido e estudado como representante das bactérias Gram-positivas. A partir da biblioteca de compostos ChemBridge DIVERset, buscaremos moléculas inibidoras de divisão celular, que bloqueiem a ação de FtsZ. A triagem destes compostos será realizada por microscopia automatizada de células de Bacillus subtilis, pois esta é a melhor maneira de se detectar o fenótipo de interesse (inibição da divisão). Os "hits", compostos que causarem inibição da divisão celular, serão avaliados por microscopia de fluorescência para identificar o efeito dos inibidores na formação do anel Z e do septo. Posteriormente, será verificado se a inibição da divisão bacteriana ocorre pelo bloqueio da proteína FtsZ, através dos ensaios in vitro de atividade GTPasica e de polimerização de FtsZ.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)