Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelo de redes para predição de crimes

Processo: 19/11266-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2019
Vigência (Término): 31 de outubro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Matemática da Computação
Pesquisador responsável:Hélio Pedrini
Beneficiário:Dalton Ieda Fazanaro
Supervisor no Exterior: Ann Elizabeth Nicholson
Instituição-sede: Instituto de Computação (IC). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa : Monash University, Austrália  
Vinculado à bolsa:17/02073-6 - Modelo de redes para predição de crimes, BP.DR

Resumo

Os ensaios pioneiros teorizando o crime como um fenômeno social datam do século dezoito, fortemente influenciados pelas ideias antropológicas que emergiram durante o Iluminismo. Ao longo das décadas seguintes, os estudos sobre o tema avançaram para além de sua natureza sociológica, assumindo práticas de outros campos científicos para explicar questões mais contemporâneas, tornando-se a Criminologia uma ciência inerentemente interdisciplinar portanto. A adoção de conceitos das Ciências Exatas é um movimento relativamente recente, originando inclusive uma nova área de pesquisa, a Criminologia Computacional, a qual emprega métodos da Matemática Aplicada, da Estatística e da Ciência da Computação para a formulação de soluções originais ou aprimoradas para tais questões. A predição de crimes notabiliza-se como um dos temas de maior destaque desse campo em ascensão, tendo como objetivo a revelação de potenciais alvos para intervenções policiais futuras e, ainda, servindo como técnica de auxílio para a solução de crimes previamente cometidos. O presente projeto de Bolsa Estágio de Pesquisa no Exterior investiga o uso de redes Bayesianas para a tarefa de policiamento preditivo, continuando a pesquisa iniciada durante a Bolsa de Doutorado no País, quando uma análise comparativa acerca dos algoritmos existentes para a construção de uma rede Bayesiana puramente a partir de uma base de dados específica foi realizada. A partir dos resultados então obtidos, os estudos na Universidade de Monash, Austrália, visam a responder o principal desafio da pesquisa de Doutorado em curso, isto é, investigar a viabilidade da aplicação de redes de Petri na elaboração de um algoritmo score-based de construção de redes Bayesianas, por meio de um trabalho em conjunto com especialistas de renome e liderança internacionais na área. Uma colaboração com a Polícia Federal Australiana, no desenvolvimento e no aprimoramento de um novo procedimento de inteligência artificial, é igualmente planejado, satisfazendo isso a contribuição social pretendida pelo projeto de pesquisa original no país.