Busca avançada
Ano de início
Entree

Micropartículas gastrorretentivas contendo nanopartículas de trans resveratrol aplicadas ao tratamento de infecções por Helicobacter pylori

Processo: 19/09597-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacotecnia
Pesquisador responsável:Marlus Chorilli
Beneficiário:Larissa Sposito
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCFAR). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Nanotecnologia   Resveratrol   Biopolímeros   Alginatos   Ácido hialurônico   Quitosana   Anti-infecciosos   Helicobacter pylori   Sistemas de liberação de medicamentos

Resumo

Infecções por Helicobacter pylori são consideradas das mais prevalentes no homem e merecem atenção especial, uma vez que estão diretamente relacionadas com quadros clínicos severos, como gastrite crônica, úlcera péptica e câncer gástrico. Diversos fatores de virulência e capacidade desta bactéria em formar biofilmes fazem com que haja aumento da resistência aos antimicrobianos convencionais. Neste sentido, é crescente o interesse na busca de novas substâncias, dentre elas de origem natural, bem como de novas estratégias no tratamento frente ao H. pylori. O desenvolvimento de um sistema polímerico gastrorretentivo a partir de nanopartículas incorporadas em micropartículas com caráter mucoadesivo e que apresentem flutuabilidade demonstra ser uma estratégia interessante para administração oral objetivando a vetorização para a região gástrica de substâncias ativas, como o trans-resveratrol, visando potencial aplicação frente a infecções por H. pylori. O sistema proposto neste projeto será obtido a partir da associação de biopolímeros os quais agregam propriedades favoráveis ao desempenho pretendido, como formação de partículas pela interação com íons polivalentes, mucoadesividade, melhoria da solubilidade e flutuabilidade. Serão realizados ainda ensaios de perfil de liberação do fármaco in vitro e atividade antimicrobiana in vitro e in vivo do sistema proposto. Espera-se, desta forma, obter um sistema estável, gastrorretentivo e com eficácia anti-H. pylori. (AU)