Busca avançada
Ano de início
Entree

Estruturação e organização das bases de dados

Processo: 19/14699-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Tiago da Silva Alexandre
Beneficiário:Daniele Prado de Souza
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Epidemiologia   Banco de dados   Geriatria   Envelhecimento

Resumo

O projeto Envelhecimento Musculoesquelético: repercussões metabólicas, funcionais e risco de mortalidade em pessoas com mais de 50 anos de idade contará com uma robusta base de dados de pesquisa epidemiológica longitudinal de oito ondas proveniente da Inglaterra. O manejo de tais bases de dados é fundamental não somente para a implementação do projeto como também para que todos os desenhos de estudo planejados sejam adequadamente desenvolvidos. Dessa forma, se faz fundamental para seu sucesso a estruturação e a organização dessas bases de dados, sejam elas separadamente por onda, ou reunidas em bases únicas em formatos long ou wide, permitindo análises transversais, de incidência ou de mortalidade assim como análises de trajetórias comparativas entre dois ou três dos países envolvidos no consórcio, a depender dos objetivos propostos em cada plano de trabalho apresentado previamente. Portanto, o objetivo desse treinamento técnico é preparar, organizar e sistematizar as bases de dados das ondas do estudo ELSA no intuito de permitir o adequado desenvolvimento dos estudos apresentados previamente na proposta original. O treinamento técnico (TT-3) será conduzido sob a supervisão do Pesquisador Responsável. As bases de dados, disponíveis no formato dta, característico do pacote estatístico STATA e utilizado por todos os pesquisadores envolvidos nos estudos ELSA serão homogeneizadas quanto à nomenclatura e quanto às categorias das variáveis, com especial atenção às informações faltantes em cada uma delas. Uma vez realizado esse trabalho, os bancos separados, por onda, serão armazenados. Em seguida, os bancos serão unidos no formato long para as análises transversais, de incidência e de mortalidade. Por fim, os bancos serão unidos no formato wide para as análises de trajetórias. É válido ressaltar que novas ondas do Estudo ELSA estão em andamento e que, durante a execução do projeto, terão de ser constantemente incorporadas às bases já existentes, o que demanda uma grande quantidade de trabalho técnico dado o extenso volume de dados gerados por essa pesquisa.