Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência da concentração do extrato da semente de Moringa oleifera na digestão anaeróbia

Processo: 18/18802-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Engenharia Agrícola - Engenharia de Água e Solo
Pesquisador responsável:Gustavo Mockaitis
Beneficiário:Izabela Paiva Martins
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Agrícola (FEAGRI). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Digestão anaeróbia   Moringa oleifera   Metanogênese

Resumo

A regulação do processo de digestão anaeróbia pode ser afetada por fatores como pH, carga orgânica, relação C/N, alcalinidade, agitação, presença de macro e micronutrientes, entre outros. Entretanto, a adição de um meio nutriente pode apresentar elevado custo de aplicação inviabilizando todo o tratamento. Isso faz com que seja necessário buscar alternativas mais acessíveis que melhorarem as características do sistema de tratamento. Pesquisas realizadas em tratamentos anaeróbios identificam a utilização de extrato de Moringa oleífera como um suplemento para melhoria no desempenho do processo como um todo. Com isso, o presente trabalho objetiva-se em verificar a influência da concentração do extrato de Moringa oleifera na digestão anaeróbia. O experimento será realizado em três fases, sendo a Fase I referente a determinação das variáveis de interesse que podem interferir no desempenho do sistema, a Fase II a verificação da influência do extrato de Moringa oleífera na atividade metanogênica específica e na cinética de degradação do substrato, e a Fase III que será a aplicação dos resultados prefixados nas fases anteriores em biorreator anaeróbio contínuo de leito fixo ordenado (ABFSB). Todas as fases serão realizadas a uma temperatura de 30°C, em frascos Duran com volume médio de 606 mL, e uma concentração de matéria orgânica de 1,0 g O2 L-1, em termos de DQO. O lodo inóculo utilizado será de um reator UASB proveniente do tratamento de efluente avícola tendo concentração de sólidos voláteis totais de 42,25 ± 3,8 g L-1. Serão realizadas diariamente análises de quantificação e qualificação do biogás, e sólidos totais, voláteis e suspensos, alcalinidade, carboidratos, e ácidos voláteis ao início e fim de cada fase. Espera-se que ao final do projeto seja possível definir os valores das variáveis de interesse e como a utilização da Moringa oleífera pode atuar na atividade metanogênica específica e na cinética de degradação do substrato. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)