Busca avançada
Ano de início
Entree

Respostas de citrandarins (Poncirus trifoliata x tangerina Sunki) à infecção por "Candidatus Liberibacter asiaticus"

Processo: 19/06412-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de julho de 2019
Vigência (Término): 30 de junho de 2021
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Helvecio Della Coletta Filho
Beneficiário:Thais Magni Cavichioli
Instituição-sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Citrus   Bactérias   Tolerância   Híbridos   Candidatus liberibacter

Resumo

Huanglongbing (HLB ou greening) é considerada uma das doenças cítricas mais importantes em todo o mundo. O agente causal do HLB é a bactéria Gram-negativa nomeada Candidatus Liberibacter spp. de ocorrência restrita aos vasos crivados do floema da planta hospedeira e ao inseto vetor, Diaphorina citri. Apesar de não haver relatos na literatura da existência de genótipos completamente resistentes, através de estudos anteriores foi possível confirmar que a multiplicação da bactéria é uma característica contrastante entre espécies de citros. O Poncirus trifoliata e alguns de seus híbridos têm-se mostrado como possível fonte tolerância à bactéria, além de que estes genótipos tem ganhado uma importância crescente como porta-enxertos cítricos devido às qualidades que conferem aos frutos. Nesse sentido, este trabalho tem como objetivo desafiar quatorze genótipos de citrandarins (híbridos de Citrus sunki x P. trifoliata) que apresentaram resultados negativos para infecção natural com Candidatus Liberibacter asiaticus (CLas), segundo resultados de trabalhos anteriores (BOAVA et al., 2015; BOAVA; CRISTOFANI-YALY; MACHADO, 2017), e estudar a contribuição de um destes genótipos quando usado como porta-enxerto para a laranjeira "Valência" infectada com CLas. Para tanto, dois experimentos serão conduzidos. No experimento I será avaliada a colonização da bactéria em citrandarins sobrenxertados em plantas de laranja "Valência" já infectadas com CLas. No experimento II, um dos citrandarins, pré-selecionado em trabalhos anteriores, o TSxPT 222, será utilizado como porta-enxerto e interenxerto para a laranja "Valência", onde as inoculações de CLas serão realizadas via enxertia de tecido infectado. Com estes trabalhos espera-se definir genótipos de citrandarins que possam conferir menor suscetibilidade da variedade copa à CLas quando usados como porta-enxertos, contribuindo assim para o manejo do HLB.