Busca avançada
Ano de início
Entree

Para a caracterização fonético-acústica dos ditongos e hiatos em português brasileiro

Processo: 18/25221-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2019
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2019
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Teoria e Análise Lingüística
Pesquisador responsável:Pablo Arantes
Beneficiário:Raquel Casare Medeiros
Instituição-sede: Centro de Educação e Ciências Humanas (CECH). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Fonética acústica   Encontros vocálicos   Ditongo   Hiato   Português do Brasil

Resumo

O projeto tem como objetivo fazer a descrição fonético-acústica dos encontros vocálicos do português brasileiro que podem ser classificados como ditongos decrescentes e hiatos, de modo a entender o que diferencia esses dois tipos de sequências do ponto de vista da sua produção. Os parâmetros acústicos a serem analisados são a duração e a trajetória formântica dos dois tipos de sequências. A análise da duração permitirá testar a hipótese segundo a qual os hiatos têm duração maior do que os ditongos, uma vez que são compostos por duas vogais silábicas ou plenas. As trajetórias formânticas serão analisadas por meio de duas técnicas: a normalização temporal do contorno formântico e a transformada discreta do cosseno (discrete cosine transform). O uso dessas técnicas permitirá uma análise visual/qualitativa e a quantificação do movimento da trajetória dos formantes. Descreveremos também o efeito da tonicidade sobre os padrões acústicos dos dois tipos de sequências. O material a ser analisado será composto por palavras e sintagmas contendo todos os ditongos decrescentes e hiatos permitidos pela fonotaxe do PB, que serão inseridos em frases-veículo a serem lidas por falantes da língua.