Busca avançada
Ano de início
Entree

Alterações de parâmetros enzimáticos e bioquímicos indicadores de função hepática em coelhos submetidos a colecistectomia laparoscópica

Processo: 19/06774-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 30 de setembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Paola Castro Moraes
Beneficiário:Rachel Inamassu Faccini
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Cirurgia veterinária   Cirurgia laparoscópica animal   Laparoscopia   Colecistectomia laparoscópica   Fígado   Vesícula biliar   Coelhos

Resumo

Apesar de amplamente utilizadas na medicina humana, as cirurgias minimamente invasivas por videolaparoscopia ainda são pouco estudadas na medicina veterinária, a repercussão clínica e laboratorial após o procedimento ainda não estão esclarecidas. O fato de a técnica ser aplicada em cães e gatos há poucos anos, suas indicações, resultados e complicações são pouco conhecidos na medicina veterinária. As alterações nos testes de função hepática após colecistectomia laparoscópica ainda não foram descritas, e nem discutido se tais alterações são esperadas e transitórias ou se estão associadas a complicações. O conhecimento das possíveis alterações laboratoriais associadas à colecistectomia laparoscópica será útil para melhor escolha da técnica e abordagem do paciente após o procedimento. O presente estudo irá avaliar os parâmetros enzimáticos e bioquímicos indicadores de função hepática nos períodos pré e pós-operatórios em coelhos submetidos a colecistectomia laparoscópica. Sendo assim, 20 coelhos serão utilizados como modelo experimental; a coleta de sangue total para posterior processamento será feita em todos os animais nos dias 0, 3, 7 e 15. O material coletado passará pelas análises de: proteína total, albumina, GGT, FA, ALT, AST, bilirrubina total, bilirrubina direta e hemograma a fim de mensurar possíveis alterações nos valores de referência. Todas as amostras serão avaliadas e tabuladas. As complicações ocorridas durante ou após o procedimento cirúrgico serão descritas. Assim, objetiva-se conhecer e relatar alterações nas análises laboratoriais de função hepática que podem ocorrer após colecistectomia laparoscópica.