Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto da história de gestação com ou sem lactação na memória metabólica de camundongos expostos a dieta hiperlipídica

Processo: 19/03777-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de julho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Gabriel Forato Anhê
Beneficiário:Chelsy Chinhere Ifekaibeya
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Endocrinologia   Obesidade   Dieta hiperlipídica   Gravidez   Lactação   Adiposidade   Metabolismo energético   Modelos animais de doenças   Modelo experimental

Resumo

Modelos experimentais com roedores mostram camundongos obesos expostos a dieta hiperlipídica não retomam o peso e a adiposidade de similar a de animais mesmo apos 8 semanas de retorno do consumo de ração normocalórica padrão (SC). Esta "memória" metabólica também é caracterizada por aumento persistente da leptinemia e do acúmulo de gordura no fígado. Por outro lado, trabalho publicado recentemente pelo nosso laboratório mostra que a camundongas que foram submetidas ao longo da vida e gestação e lactação apresentam uma tardia redução dos níveis de triglicerídeo (TG) hepático em comparação com aquelas que engravidaram e não amamentaram. Assim, o objetivo deste projeto é avaliar se a história de gestação, com ou sem lactação, interfere na perda de peso e da adiposidade em camundongas previamente expostas a dieta hiperlipídica. Camundongas serão expostas a dieta hiperlipídica por 8 semanas e em seguida retornarão a consumir dieta SC por mais 8 semanas (HFD-SC). Um grupo controle permanecerá permanentemente com SC (SC-SC). Um terço das camundonga HFD-SC permanecerá virgem, um terço engravidará e amamentará a prole (HFD-SC-preg/lac) e um terço engravidará a não amamentará a prole (HFD-SC-preg). A gestação com ou sem lactação ocorrerá durante a vigência da exposição a HFD. Depois das 8 semana de reversão parcial das mudanças metabólicas, os animais serão usados para medidas de adiposidade, perfil lipídico, produção de VLDL, estoque hepático de TG e gasto energético.