Busca avançada
Ano de início
Entree

Oh! Quantas species!...: "metalistas" e "papelistas" na imprensa brasileira, 1888-1892

Processo: 19/06574-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2019
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia
Pesquisador responsável:José Flávio Motta
Beneficiário:Giullia Bueno Marinho
Instituição-sede: Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):História do Brasil   História econômica   Imprensa   Periódicos   Jornais

Resumo

Pretendemos explorar as análises e informações, publicadas em periódicos diversos existentes em distintas províncias do Império e em variados estados da República, acerca da reforma bancária esboçada no decurso dos dois últimos Gabinetes imperiais, bem como daquela implementada no primeiro governo republicano. Em outras palavras, nosso intuito é acompanhar, ao longo do quinquênio 1888-1892, em vários jornais da época em que se deu a mudança do regime político brasileiro, a menção e a repercussão em várias províncias/estados, de discussões atinentes ao debate entre metalistas, a exemplo do Visconde de Ouro Preto, e papelistas, caso de Rui Barbosa. E analisar, também, o posicionamento adotado na controvérsia pelos órgãos da imprensa contemplados. Em suma, valer-nos-emos da busca, em uma dezena de jornais existentes no período analisado, por manifestações favoráveis ou não às transformações relacionadas à emissão de papel-moeda no Brasil, e, por meio do diálogo com a historiografia existente sobre o tema, investigar se e como as posições adotadas podem ser identificadas com interesses específicos então presentes - por exemplo, de determinados grupos ou regiões.